Conecte-se conosco

BA

“As igrejas cumprem papel fundamental”, diz Kátia Oliveira sobre liberação de cultos com 30% da capacidade

Publicado

em

“As igrejas cumprem papel fundamental”, diz Kátia Oliveira sobre liberação de cultos com 30% da capacidade

A deputada estadual Kátia Oliveira (MDB) avaliou de forma positiva, nesta segunda-feira (1º), a decisão do governador Rui Costa (PT) de permitir o funcionamento das atividades religiosas com 30% da capacidade das igrejas e templos. Evangélica, a parlamentar diz que a religião cumpre um papel fundamental de acolher e dar conforto às pessoas neste momento de dificuldades, tanto para aqueles que perderam seus entes queridos quanto para todos que enfrentam as adversidades provocadas pela pandemia da covid-19.

“Neste momento tão difícil, as igrejas cumprem um papel fundamental no sentido de dar suporte e renovar a fé das pessoas. Nos cultos e demais atividades religiosas, pregamos a fé e a esperança, dois fatores que são cruciais para as pessoas. As instituições religiosas acolhem e dão às pessoas a força que elas precisam para enfrentar as adversidades que a pandemia nos impõe”, afirmou.

Ela também destacou o papel social dos templos religiosos. “A partir da sua fundação, a igreja é vista como um local de auxílio material aos membros mais necessitados. Encontramos inúmeras passagens Bíblicas que exortam a generosidade e a beneficência como postulado a ser observado pelos religiosos. O apóstolo Tiago no capítulo 1.27, por exemplo, aconselha a igreja a olhar, velar e assistir as pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social”.

É nas igrejas que as pessoas que perderam algum ente querido encontram acolhimento, graças à palavra de Deus. É também na igreja que aqueles que perderam seu emprego são consolados. Não à toa as atividades religiosas são consideradas essenciais. A fé é muito importante neste momento difícil, em que diversas famílias atravessam por dificuldades de saúde e econômica, precisando de uma palavra de esperança”, reforçou a deputada.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *