Preço da Hora

[ad_1]

Foto: Divulgação

A Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba) acaba de disponibilizar para os usuários a versão 1.2.125 do aplicativo Preço da Hora Bahia, que traz novas funcionalidades e melhorias. Lançado em maio de 2020, o app está disponível na Apple Store, no Google Play Store e também por meio do site. A ferramenta permite pesquisar preços de mais de 500 mil produtos comercializados em todo o estado, com base nas informações das notas fiscais eletrônicas armazenadas na Sefaz-Ba.

Uma das novidades da nova versão está na comunicação com o GPS, função que permite levar o usuário até o estabelecimento em que deseja realizar a compra. Algumas pessoas estavam tendo dificuldade em vincular o app com o dispositivo do seu smartphone. Com a atualização, agora será exibido um pop-up com o passo a passo sobre como ativar o GPS no celular.

Outra melhoria está relacionada aos ‘Produtos favoritos’, que agora são exibidos em ordem alfabética automaticamente. Além disso, o usuário pode adicionar aos seus grupos de favoritos tanto os produtos como os estabelecimentos de sua preferência, a partir da tela ‘Detalhes de produtos’.

O usuário agora tem a possibilidade de deletar mensagens enviadas por meio do app. Antes, estas mensagens ficavam armazenadas, sem possibilidade de exclusão, o que, em alguns casos, deixava a caixa poluída.

“O app está em constante evolução, para oferecer sempre um melhor serviço ao usuário”, afirma o auditor fiscal da Gerência de Sistemas da Sefaz-Ba, Felipe Abreu. Segundo ele, o objetivo é tornar a ferramenta cada vez mais eficaz para o consumidor economizar tempo e dinheiro na hora das compras. “Estamos tendo um crescimento constante na utilização do app, que hoje conta com mais de 430 mil downloads efetuados em smartphones e um pico 92,8 mil usuários mensais”.

Outras funcionalidades

O Preço da Hora Bahia traz uma série de outras funcionalidades, como a pesquisa em um raio de até 30 quilômetros de onde se localiza o usuário, em qualquer município do estado. O aplicativo possui canais específicos para pesquisas em farmácias e postos de gasolina, a possibilidade de denunciar contribuintes que se recusam a emitir a nota fiscal, entre outras irregularidades, e ainda a disponibilização do histórico de preços dos produtos.

Outra funcionalidade, implantada em 2021, foi o compartilhamento de preços com amigos e familiares. Após a pesquisa de qualquer produto e selecionar um dos estabelecimentos, logo ao lado do valor da mercadoria está o ícone que, ao ser clicado, permite que o usuário possa compartilhar uma boa dica de preço em suas redes sociais como Whatsapp, Twitter, Facebook e também por mensagem de texto.

Fonte: Ascom/Sefaz

[ad_2]

Fonte

1 Comentário

  1. Que legal…!!
    Esta foi uma visita excelente, gostei muito, voltarei assim
    que puder… Boa sorte..!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.