Conecte-se conosco

Estilo e Vida

Você procrastina? A solução pode estar no equilíbrio entre o corpo e a mente

Publicado

em

Você procrastina? A solução pode estar no equilíbrio entre o corpo e a mente

Paulo Alvarenga explica como podemos deixar de procrastinar, principalmente nesse período de pandemia, além de ensinar como trabalhar as cinco dimensões de energia

Deixar para mais tarde, para amanhã ou até “quando bater a inspiração” têm se tornado ainda mais frequente nessa fase de isolamento.

Segundo Paulo Alvarenga (P.A), coach e especialista em ambientes psicologicamente saudáveis, a procrastinação significa evitar sofrimento.

“Ou seja, fugir daquilo que mentalmente as pessoas entendem que vai incomodar ou gerar dor, por isso, trocam o ganho a longo prazo pelo prazer momentâneo. A ideia é sempre a de pensar nas perdas de não resolver as coisas no momento e pensar nos ganhos a longo prazo”, explica.

Por isso, em um momento em que tantos conflitos externos e internos estão aflorados, o ato de procrastinar vem à tona com mais frequência. E como fazer para evitá-lo?

“A pessoa deve focar em fazer coisas que estejam conectadas com a sua paixão e fazer um empilhamento de motivações. Isso chama-se ‘grit’, que é maior do que força de vontade, é motivação no outdoor”, pontua P.A.

O poder do equilíbrio do corpo e da mente também está conectado em procrastinar ou não. Afinal, se o corpo e a mente estão bem conectados, tudo tende a fluir bem, caso contrário, ansiedade e a própria procrastinação são alguns dos muitos resultados dessa desarmonia.

“A busca do equilíbrio entre corpo e mente é algo que escutamos desde criança, mas o momento atual tornou isso algo essencial. Assim como procuro ensinar no método que criei ‘Matriz das Energias’, devemos usar o estresse para buscar esse equilíbrio. As pessoas precisam se desenvolver nas cinco dimensões de energia: física, mental, emocional, espiritual e financeira para se tornarem mais resilientes e terem mais performance em meio à turbulência”, ressalta.

Manter hábitos de vida saudáveis são excelentes aliados, já que como diz o ditado “Corpo são, mente sã”. E não é necessário já ter uma rotina regrada para usufruir dos benefícios, pois toda mudança é válida quando o objetivo é melhorar as saúdes física e mental.

“É tudo uma questão de ter rotinas que estejam interligadas nas cinco energias. No caso de pessoas que já cuidam muito bem da Energia Física, comece a criar rotinas para as outras dimensões de energia. Para a Energia Mental, medite entre 10 a 20 minutos por dia, estude algum assunto em média 30 minutos por dia, leia um livro 10 minutos por dia, faça exercícios de “incantation”, ou seja, repita diariamente suas qualidades e missão de vida ou algum sonho e assim por diante”, ensina Alvarenga.

Já quanto à Energia Emocional, ele indica que ligar para pessoas que ama, fazer diário das emoções. No âmbito da Energia Espiritual, fazer exercício da gratidão diariamente, além de refletir sobre seu propósito de vida diariamente. E na parte da Energia Financeira, organizar contas, se pagar primeiro, fazer planos e gastar menos do que ganha.

“Na pandemia a ansiedade aumentou, consequentemente, os medos tomaram conta e, com isso, nosso estado ‘interno’ se encontra abalado. Então, nesse estado facilmente criamos um modelo de mundo com significados que nos limitam, mas sair do medo é primordial para nosso cérebro trabalhar no estado de Flow, que é onde busca constantemente soluções disruptivas. Pratique o que falei anteriormente, gerencie as energias e as expanda!”, finaliza.

E lembre-se: “Não deixe aquilo que você quer agora atrapalhar aquilo que você quer muito”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *