0
O melhor meio de inserção de jovens no mercado de trabalho é o estágio. Essa modalidade garante uma jornada repleta de aprendizados, conquistas, desafios e também dá estímulo aos primeiros passos profissionais de muitos cidadãos. Entretanto, não é apenas o indivíduo admitido quem sai ganhando. Afinal, as empresas, quando abrem suas portas para esse tipo de contratação, têm diversos benefícios.
Um talento para moldar
Como estagiar é uma porta de entrada para o mundo dos negócios, grande parte dos brasileiros em busca de uma vaga desse estilo não têm experiências prévias. Isso pode ser de grande interesse para um gestor com o desejo de orientar um talento em potencial, até porque ele virá sem vícios de outras vivências e poderá ser moldado para desenvolver habilidades.
Atitude empreendedora
Assim, a cada passo da evolução desse estagiário, é possível direcioná-lo assertivamente para novas posições dentro do quadro de colaboradores. Essa é uma das grandes vantagens para a corporação e, além de tudo, é uma iniciativa empreendedora ao plantar dedicação hoje para colher alta performance no futuro.
Inovação para os times
A modalidade é voltada apenas para quem está matriculado e frequentando regularmente uma instituição de ensino médio, técnico, superior ou EJA – Educação de Jovens e Adultos. Por trás disso, outro grande ganho para as companhias: conhecimentos atualizados para inovar processos, serviços, produtos e posicionamentos.
Algo crucial em momentos de crise
Com isso, a marca consegue permanecer relevante no mercado e se adaptar aos desafios com times repletos de membros criativos e muita disposição para contribuir com os resultados. Em momentos de crise como o vivido atualmente esse é um dos pontos mais valiosos para muitos líderes.
Legislação e regras
Além disso, como essa prática é definida como o ato educativo escolar supervisionado e, portanto, não gera vínculo empregatício, a organização fica isenta de pagar encargos trabalhistas. Dentre eles, estão o FGTS, INSS, 13º salário, ⅓ sobre férias e verbas rescisórias. Esse é outro estímulo para os gestores darem essa oportunidade a quem mais precisa se desenvolver
Em contrapartida, quem é contratado não fica, de forma alguma, desamparado. Segundo a Lei 11.788/2008, é garantido o direito de recebimento de uma bolsa-auxílio, bem como o auxílio transporte, seguro contra acidentes pessoais, recesso remunerado e carga horária reduzida.
Portanto, acredite na força do estágio e do jovem estudante. Dar uma chance como essa pode garantir um futuro repleto de prosperidade para a economia e para o país de forma geral!
*Carlos Henrique Mencaci é presidente da Abres – Associação Brasileira de Estágios
centralrbn

Você precisa de mais concentração ou inspiração na hora de trabalhar em casa?

Artigo anterior

Setor médico busca soluções para alto gasto dos brasileiros com exames médicos

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Economia