0

Empresa oferece aplicativo, sistemas de porcionamento e refeições embaladas para quem opta por manter a alimentação nos restaurantes

Em um momento em que escolas de todo o país se preparam para a volta às aulas presenciais, a Sapore, maior empresa de origem nacional especializada em alimentação para os segmentos corporativo, saúde, educação, eventos e varejo, se alia à tecnologia para garantir a segurança na alimentação nas escolas onde atua. O objetivo é viabilizar o distanciamento social que o momento exige, por conta da pandemia de Covid-19, e, ao mesmo tempo, oferecer praticidade e evitar o desperdício de alimentos.

Para as escolas onde a empresa possui lanchonetes, as vendas ocorrem por meio do aplicativo exclusivo Sapore 360°. Disponível para download nas plataformas IOS e Android, o recurso funciona similar aos conhecidos apps de delivery. O usuário, pai ou aluno, escolhe o estabelecimento mais próximo a sua localização, define seu pedido e efetua o pagamento. A gerente da unidade recebe o pedido, faz a montagem dos itens e disponibiliza o lanche pronto para uso. A entrega pode ocorrer em dois formatos, de acordo com as orientações da escola. Os alunos podem receber diretamente na sala de aula ou retirar o pedido no intervalo, em horários programados, para evitar filas e aglomerações.

“O Sapore 360° proporciona um planejamento para os pais, que podem programar o lanche dos seus filhos com antecipação, e evita que as crianças toquem dinheiro ou permaneçam em filas, reforçando o distanciamento social e a higiene”, afirma Ryung Minami, nutricionista responsável pela operação nas instituições de ensino da Sapore. A especialista explica que, mesmo para as escolas que optam pela retirada na lanchonete, o atendimento é feito por grupos separados de alunos, isolados em um determinado espaço físico, para que não haja interação física entre eles. não interage fisicamente com outro. Ryung informa que o app foi adotado em 2020 pela Escola Mater Dei, em São Paulo, e por todas as unidades da também paulistana Porto Seguro. Para este ano, o modelo deverá ser implementado em outros colégios atendidos pela Sapore, como Eleva (Rio de Janeiro e Brasília), Esfera (São José dos Campos) e Chaminade (Bauru).

Alimentos porcionados – Para atender também às unidades escolares que mantiveram o funcionamento de seus restaurantes, o Sapore 360° oferece um mix de produtos porcionados para que o usuário possa montar sua refeição, de acordo com o seu gosto. Alimentos como arroz, feijão, massas e proteínas são embalados separadamente e só são abertos na hora da montagem do prato. Além das porções individuais, também há opções de refeições prontas. “O porcionamento foi o sistema preferido das escolas atendidas no ano passado, por ser prático e seguro, com o mínimo de manuseio”, diz Ryung.

O reforço nos protocolos de segurança também ocorre nos espaços físicos onde as refeições são realizadas. Onde a estrutura gera aproximação, barreiras de acrílicos são instaladas entre uma cadeira e outra, como foi o caso da escola Esfera, em São José dos Campos. Para os locais mais amplos, como os colégios Eleva e Santo Américo, adesivos de identificação garantem que o distanciamento seja respeitado.

Dicas para pais e alunos – Após meses longe do ambiente escolar, as crianças estão ansiosas para interagir com colegas e professores. Alguns cuidados passam a ser essenciais principalmente na hora do lanche em que a criança vai manusear alimentos e ter contato mais próximo aos demais colegas.

A tarefa de ensinar os procedimentos desta nova realidade não é fácil e deve ser enxergada como um trabalho em conjunto da família e dos profissionais da escola. De acordo com Ryung, as equipes dos colégios precisam estar treinadas para ajudar e orientar os alunos de forma adequada.

“Nos restaurantes e lanchonetes das escolas em que atuamos, os profissionais estão preparados para pensar desde cardápio ideal para fortalecer a imunidade da criança até para orientar quanto ao distanciamento”, explica. A profissional afirma ainda que ao ensinar as crianças alguns importantes hábitos saudáveis, a família ajuda a tornar a escola e a saúde uma prioridade durante o restante do ano letivo.

Aqui estão algumas dicas para dar apoio aos filhos no retorno às atividades escolares:

1 – Nada de morder o lanche do amigo!

Criança adora compartilhar, seja o lanche ou utensílios como copos e talheres. Nesta fase, é importante que elas entendam que cada um deve ter e comer suas próprias coisas. Para ajudar, coloque copos, guardanapos e toalhas descartáveis na lancheira/bolsa.

2 – Antes de comer: sabão na mão

Ao ensinar seus filhos a lavar as mãos corretamente – especialmente depois de assoar o nariz, usar o banheiro e antes de comer – você pode ajudá-los a reduzir o risco de adoecer e infectar outras pessoas.

3 – Lanchinho pra ficar fortinho

Quem conhece a canção popular “Meu lanchinho”, sabe que as crianças entendem que elas precisam lanchar para ficarem fortes e crescer. Basta reforçar quais tipos de alimentos são importantes para elas, por exemplo frutas, vegetais e cereais. “No atual momento que vivemos, é muito importante oferecermos uma alimentação rica em nutrientes (vitaminas, minerais, fibras) para fortalecer a saúde das crianças.”, explica a nutricionista.

4 – O dinheiro fica na mochila

Com a tecnologia é possível simplificar e evitar que as crianças peguem fila ou troquem dinheiro na lanchonete da escola. Como exemplo, um aplicativo desenvolvido pela Sapore possibilita a antecipação do pedido do lanche pelos responsáveis. No dia basta a criança retirar e se alimentar. Portanto, verifique com a escola quais alternativas estão disponíveis.

5 – Hora de trocar a máscara

Lanchou? Então troque a máscara. É importante que a criança tenha pelo menos três opções de máscara para que faça as trocas de maneira adequada e segura. Além disso, é importante ensiná-las a guardar em uma sacolinha separada na bolsa.

centralrbn

Pablo Zuazo estreia na MPB no bem-humorado single “Ela é Foda”

Artigo anterior

3 Motivos para você aderir ao papel de parede

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Saúde