Estilo e VidaSaúde

Saúde da mulher: 7 cuidados para ter ao longo da vida

Saúde da mulher: 7 cuidados para ter ao longo da vida

A saúde da mulher é um tema que merece sempre atenção. Isso porque, entender como a questão é tratada no país, assim como os cuidados e quais as mudanças significativas no corpo feminino durante a vida, contribui para proporcionar uma melhor qualidade de vida.

Entre os fatores para manter o bem-estar da mulher, estão os cuidados com a região íntima. Nesse sentido, a ida a uma boa boutique erótica pode ajudar. Além disso, no Brasil existem diversas políticas voltadas para promover ações voltadas ao público feminino.

Isso se deve ao fato de que são promovidas, todos anos, campanhas de conscientização para incentivar cada vez mais que as mulheres estejam sempre em dia com seus exames. Mas se você deseja tirar todas as suas dúvidas sobre a saúde da mulher, continue a leitura.

Preparamos um artigo exclusivo sobre o tema, mostrando o que é feito no Brasil para promover o bem-estar feminino, assim como as principais recomendações referentes à saúde da mulher. Acompanhe!

Saúde da mulher no Brasil

A saúde da mulher no Brasil, até o início do século XX, era focada apenas em fatores relacionados à gestação e ao parto. Nesse sentido, foi apenas após esse período que começaram a aparecer as primeiras políticas públicas para resolver os problemas.  

Para que você possa entender melhor, vamos mostrar, cronologicamente, como se deu de fato o surgimento de soluções voltadas a melhorar o bem-estar feminino no país. Veja:

  • 1950: surgiram ações para combater a desnutrição, dentro de um planejamento familiar;
  • 1983: o Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher (PAISM) foi criado. Ainda assim, as mulheres eram enxergadas somente como gestantes, mães ou esposas. Isso se deve ao fato de que a assistência era apenas materno-infantil;
  • 2004: as considerações do PAISM foram revistas, resultando na ampliação da assistência às pacientes para atender às suas necessidades. Dessa forma, o atendimento não ficou mais restrito somente à gravidez.

A partir de então, a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e de doenças como câncer de colo do útero e mama, assim como aborto, menopausa e modificações durante a adolescência, foram incluídas na assistência.

Além disso, minorias que antes eram negligenciadas, como negras, lésbicas, presidiárias, indígenas e profissionais do certo passaram a fazer parte dessa rede. Atualmente, há vários programas relacionados à saúde da mulher, mesmo ainda estando longe do ideal. 

Cuidando da saúde da mulher

Saúde da mulher: 7 principais cuidados

Quando se trata de saúde da mulher, podem existir necessidades específicas para cada uma delas. Contudo, algumas recomendações devem ser direcionadas a todo público feminino, a fim de contribuir para uma melhora na sua qualidade de vida.

Por isso, separamos os 7 principais cuidados relacionados à saúde feminina. Confira: 

Mantenha uma alimentação saudável

Mesmo que essa recomendação seja para todos, manter uma alimentação saudável é essencial para a saúde da mulher. Isso porque, o público feminino possui uma predisposição para reter gorduras em algumas regiões específicas do corpo.

Sendo assim, é importante ter um cardápio voltado para a ingestão de produtos naturais, contribuindo, assim, para manter os níveis de colesterol, por exemplo, dentro do recomendado. Mas lembre-se, nada de fazer dietas malucas. Basta manter uma alimentação adequada.

Faça exercícios físicos

Assim como uma alimentação saudável reflete diretamente no nosso corpo, a prática de exercícios físicos também contribui para o nosso bem-estar. Nesse sentido, faça exercícios físicos regularmente, mesmo que seja somente uma caminhada.

Para se ter uma ideia, a prática desse tipo de atividade por pelo menos 30 minutos todos os dias, é recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Além do corpo permanecer saudável, é possível evitar o sedentarismo. 

Não se esqueça de fazer exames periodicamente

Todas as pessoas precisam manter os exames em dia. Acontece que, para as mulheres, existem alguns específicos que são necessários para prevenir ou tratar eventuais condições. Por isso, realizar um check-up, pelo menos uma vez ao ano, a depender da idade, é indispensável.

Exames como Papanicolau, mamografia ou ultrassom transvaginal, conseguem diagnosticar doenças que podem ser tratadas de forma precoce. Além disso, após os resultados, elas recebem orientações de forma certa.

Saúde da mulher: sempre vá ao médico

Além dos exames periódicos, é necessário visitar o médico regularmente. Isso deve acontecer quando a mulher sente algum desconforto ou sintomas incomuns ao dia-a-dia. Dessa forma, o profissional dará o diagnóstico, assim como receitará o tipo de tratamento.

É importante dizer que a visita ao médico também pode ser feita para determinar métodos contraceptivos, além de esclarecer dúvidas relacionadas ao próprio corpo. 

cuidados com a saúde da mulher

Fique atento à saúde mental

A saúde da mulher deve ser um equilíbrio entre corpo e mente. Por isso, é importante ficar atento à saúde mental, principalmente se há algum diagnóstico ou queixas relacionadas a problemas psicológicos.

Nesse sentido, em caso de estresse contínuo, ataques de ansiedade, assim como aspectos de depressão precisam ser tratados de forma correta. Nesse caso, vale a dica acima, procure sempre um médico. 

Cuide da higiene íntima

A região íntima é uma parte do corpo feminino que exige atenção. Isso porque é um local onde é comum surgirem infecções, como a candidíase. Por isso, além de não limpar a área de maneira agressiva, é recomendado usar produtos específicos para essa região.

Vale destacar que é bom evitar roupas usadas para vestir a parte de baixo muito apertadas, não dividir produtos pessoais, assim como não permanecer com biquínis e calcinhas úmidas por muito tempo. 

A prevenção contra doenças ajuda a manter a saúde da mulher

A utilização de preservativos continua sendo o método mais eficiente quando o assunto é evitar infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). Sendo assim, quando uma mulher tem uma vida sexual ativa, é preciso estar atento às formas de prevenção.

Além disso, existem testes que podem ser feitos para identificar tais doenças. Sendo assim, se você está ativa sexualmente, não deixe de se prevenir e faça esses testes com frequência. 

Saúde da mulher: o que muda durante a vida?

Em diferentes fases da vida de uma mulher, podem ocorrer mudanças quanto à sua saúde. Por isso, separamos o que acontece em cada situação, e qual a atenção que ela precisa ter. Veja:

  • Puberdade: fase de crescimento hormonal, compreende a idade de 8 aos 13 anos de idade. Começam a surgir pelos e também as mamas. Aqui, importante um auxiliam para que as mulheres lidem bem com as mudanças;
  • Gestação: fase de cuidados a cada trimestre da gravidez. Nesse sentido, há o estado catabólico, o crescimento da barriga, e o preparo do corpo para a amamentação. É importante um acompanhamento para atingir o equilíbrio hormonal e corporal;
  • Menopausa: nessa fase, entre os 45 e 55 anos, os hormônios diminuem, encerrando o ciclo de fertilidade. Aqui surgem casos de insônia, baixa libido, ondas de calor e até ganho de peso. Pode ser recomendado a reposição hormonal. 

Conclusão

Como visto, a saúde da mulher passa por cuidados, que vão desde realizar os exames periódicos necessários, a cuidar do corpo e da mente. Além disso, as mudanças que ocorrem no corpo feminino necessitam de um olhar atento, para que ela possa viver bem em todas as fases da vida.

Wendell Soares
" Wendell Soares é jornalista, analista de conteúdo SEO, apaixonado por música, literatura de terror, gatos e viagens. Nem sempre nessa ordem. "