YouTube video

“Ser preto e se autodeclarar preto é um ato de resistência”. É com esta mensagem que o cantor e compositor santista Aydan divulga o single Parem de Matar Pessoas Pretas. O lançamento chega acompanhado de um videoclipe e um mini-documentário. O material é uma realização da Prefeitura Municipal de Santos, através da Lei Aldir Blanc.

Assista o videoclipe e o mini-documentário no Youtube

O mini-documentário e o videoclipe expõem a perspectiva dos indivíduos pretos perante o racismo estrutural na sociedade brasileira enquanto preza a união e a auto afirmação dos mesmos. Os vídeos foram produzidos em parceria com a produtora XepaFilmCrew. Na ocasião, Aydan assinou o roteiro e contou com a direção de Matheus H. Santos.

Escute Parem de Matar Pessoas Pretas via Spotify ou Deezer

A música, por sua vez, tem produção, guitarras, beat e violão desenvolvidos por Dime. Durante o período de gravação, Aydan ainda contou com o suporte dos músicos Samir Reis (teclado) e L.A (baixo). Segundo o cantor, o projeto foi concebido com o intuito de propor uma reflexão.

“Temos que fazer as pessoas entenderem o seu papel na luta por um mundo melhor e mais justo para todos. Espero trazer parte do aprendizado e crescimento cultural que obtive durante a produção deste trabalho, ouvindo relatos de pessoas negras sobre o racismo”, frisou.

Parem de Matar Pessoas Pretas: Aydan divulga hino antirracista em forma de videoclipe e mini-doc

Arte da capa por aTu Comunicação

Vale pontuar que o mini-documentário contou com o apoio do bar Aqui É Favela. O comércio, que fica no Centro de Santos (SP), cedeu espaço para parte das sessões de filmagem na ocasião. Aydan está em atividade desde meados de 2017. Anteriormente, divulgou os EP’s Isolamento (2020) e Teus (2017), além dos os singles É Só Você Chegar (2020), Lugar de Fala (2019) e Mira (2018).