Conecte-se conosco

Educação

Oficina de Choro abre vagas para aulas gratuitas de educação musical

Publicado

em

O projeto inicia 2021 com o objetivo de ampliar o espaço do choro no país através da formação de grupos e do incentivo a novos compositores

Oficina de Choro inicia seu 17o ano com novidades. Depois de expandir seu campo de atuação, com aulas ministradas virtualmente durante a pandemia, o projeto se reestruturou para seguir atendendo o público crescente. Com apoio do Instituto Ling pelo terceiro ano consecutivo, a iniciativa começa 2021 com um novo curso gratuito de educação musical a partir da linguagem do choro, com o objetivo de ampliar o espaço do gênero no país através da formação de grupos e do incentivo a novos compositores.

Além das já tradicionais disciplinas teóricas, que exploram harmonia e história da música, e as aulas práticas de instrumento, o projeto ampliará seu programa na área de criação, voltada à composição de choros e sambas. “É uma área que já vinha dando certo nos últimos anos, mas agora esse será um dos nossos focos, uma vez que temos o objetivo de aumentar o repertório brasileiro, olhando para o futuro, buscando novos compositores em aulas que incentivam a criatividade”, explica o músico Mathias Pinto, coordenador do projeto há sete anos.

A iniciativa também quer possibilitar a circulação da música de choro em shows e apresentações pelo país e por isso incentivará os alunos a criarem parcerias. “Desde a entrada do aluno na oficina, ele já será direcionado a formar o seu grupo de choro. Isso faz parte de uma reestruturação e de um reposicionamento do projeto, que tem o objetivo geral de multiplicar a música de choro em diversos espaços”, completa.

Durante o primeiro semestre deste ano, os alunos poderão participar das disciplinas de Composição de ChoroRoda de Choro, além da turma de Novos Chorões, voltada para os iniciantes. O curso é destinado a públicos de todas as idadescom ou sem experiência, e a interessados em diversos instrumentos, como violãocavaquinhobandolimpandeirosopros e teclas, e também para cantores.

As novas aulas serão viabilizadas gratuitamente a partir do dia 6 de março. Diante da pandemia, os encontros serão mantidos no formato on-line, que fez sucesso em 2020. Entre março e dezembro do último ano, o projeto realizou cerca de 70 aulas virtuais, agregando alunos de outras cidades do Rio Grande do Sul e do país.

As inscrições para o primeiro semestre da Oficina de Choro podem ser feitas até o dia 3 de março pelo e-mail oficinadechoroinstitutoling@gmail.com, assim como pelas redes sociais do projeto, em www.facebook.com/oficinadechoroinstitutoling e no Instagram @oficinadechoro. As vagas são limitadas, e os interessados serão submetidos a um processo de seleção, de acordo com o nível de conhecimento musical.

Sobre a Oficina de Choro

A Oficina de Choro vem exercendo um papel decisivo para o crescimento da cultura do choro e da música popular brasileira no Rio Grande do Sul, além de se destacar como um dos três maiores projetos voltados ao ensino de choro no país. Somente nos últimos dois anos, o projeto acolheu mais de 500 alunos que receberam formação musical em diferentes aulas abertas ao público.

Com coordenação do músico Mathias Pinto e curadoria e produção da Branco Produções, o projeto também é responsável pela criação da Orquestra de Choro de Porto Alegre (OCPA), a primeira iniciativa desse gênero na história do Rio Grande do Sul. A orquestra retomará suas apresentações assim que for permitido, realizando concertos em homenagem a grandes compositores gaúchos. Outra iniciativa capitaneada pela oficina é a série de shows O choro é livre, que revela novos talentos do gênero e leva artistas consagrados para apresentações no foyer do Theatro São Pedro, que também aguarda liberação dos órgãos municipais e estaduais para retomar suas atividades presenciais.

Oficina de Choro tem direção artística de Mathias Pinto, curadoria e produção da Branco Produções, patrocínio de Crown Embalagens e realização do Instituto Ling e do Ministério do TurismoGoverno Federal.

SERVIÇO

Oficina de Choro

Matrículas abertas para o primeiro semestre de 2021

Aulas gratuitas de Composição de Choro, Roda de Choro e Novos Chorões

As inscrições podem ser feitas até o dia 3 de março pelo e-mail oficinadechoroinstitutoling@gmail.com, assim como pelas redes sociais do projeto, no Instagram @oficinadechoro e em www.facebook.com/oficinadechoroinstitutoling

Todos os interessados em música brasileira podem se inscrever. O nivelamento dos inscritos será feito após a inscrição. Menores de idade deverão ser acompanhados pelos pais ou responsáveis em todas as etapas do projeto.

As aulas iniciam no dia 6 de março

Informações úteis

institutoling.org.br

www.facebook.com/InstitutoLing

www.instagram.com/Instituto.Ling

twitter.com/@InstitutoLing

www.youtube.com/c/InstitutoLingCultural

Fone: 51 3533-5700

Email: instituto.ling@institutoling.org.br

Sobre o Instituto Ling

Com 25 anos de atuação, o Instituto Ling é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a transformação da sociedade através da educação e da cultura. Criado e mantido pela família Ling, atua em três segmentos: educação, cultura e saúde. Sua missão é promover o desenvolvimento humano e a evolução da sociedade através da disseminação de diferentes formas do conhecimento, da liberdade de pensamento, da valorização da cultura e da saúde. Na área da educação, desde 1995 auxilia jovens líderes a desenvolverem seus potenciais intelectuais e empreendedores através da concessão de bolsas de estudo para as melhores instituições do mundo. A abertura de seu centro cultural em Porto Alegre, no ano de 2014, ampliou e solidificou a atuação do Instituto, firmando-o como centro de referência na disseminação do conhecimento e do livre-pensar, fomentador da educação de excelência em seus múltiplos formatos e provedor de serviços e produtos culturais diferenciados, com elevado padrão de qualidade e estética.

Na área da saúde, o Instituto Ling estabeleceu parceria com o Hospital Moinhos de Vento, em 2015, para a implantação de um centro de referência no tratamento do câncer em Porto Alegre, e com a Santa Casa de Misericórdia, em 2019, contribuindo para a construção do novo prédio do complexo hospitalar em Porto Alegre. A família Ling, mantenedora do Instituto, é proprietária da “holding company“ Évora. O grupo empresarial produz e comercializa latas de alumínio para bebidas, não-tecidos de polipropileno (usados principalmente na produção de descartáveis higiênicos) e tampas plásticas para bebidas e produtos de higiene e beleza.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA