O futuro dos vídeos curtos: 8 tendências para 2022
0

Dentre todas as mudanças ocorridas em 2020 e 2021, a principal foi a antecipação de transformações digitais que aconteceriam nos próximos anos e acabaram por influenciar diferentes plataformas e formatos de conteúdo utilizados por pessoas e empresas.

 

A popularização dos vídeos curtos, mais ágeis e preferência da maioria dos usuários, acompanhada de mudanças de comportamento no consumo das mídias e maior interação e proximidade do público com influenciadores e criadores, foi uma delas – e veio para ficar.

 

Pronto para ficar à frente da curva? Aqui estão as 8 principais tendências identificadas no Kwai, app de criação e compartilhamento de vídeos curtos, para o segmento em 2022:

 

1- Livestream e-commerce 

O livestream e-commerce está transformando a experiência de compra online. O formato, que faz muito sucesso na China, utiliza plataformas de transmissões ao vivo pela internet para vender produtos online. Na live, o apresentador – ou vendedor – mostra todos os detalhes de um produto, suas utilidades e aplicações e tira as dúvidas do público que está acompanhando a transmissão. O objetivo é despertar o desejo da audiência por meio de uma experiência imersiva, na qual a interatividade com o vendedor promove maior confiabilidade e interesse do público, levando à finalização da compra.

 

Em 2021, o Kwai foi a primeira rede social a estrear uma livestream e-commerce no Brasil. Enquanto o vendedor apresenta o produto, basta clicar no ícone do carrinho de compras que aparece na tela e o consumidor é direcionado para o link do item – tudo isso sem precisar sair da transmissão ao vivo no app.

 

2- Storytelling 

O storytelling é a estratégia de construção de uma história utilizando um enredo bem elaborado e uma narrativa envolvente. A técnica se aplica por meio do poder persuasivo e, se usada em cunho comercial, ajuda a promover um negócio, produto ou serviço.

 

O objetivo do storytelling é influenciar as pessoas a tomarem uma ação específica, como fazer a compra de um item. Tem sempre um público-alvo e procura falar a mesma língua dessa audiência para se tornar mais acessível e conseguir resultados – e está sendo bastante utilizado nas plataformas de vídeos curtos. Com ele, os usuários, que podem ser tanto influenciadores como marcas, são capazes de criar conteúdos que tenham alto engajamento, transformando determinados assuntos ou informações em uma narrativa que seja mais agradável para sua audiência.

 

O entretenimento é a ponte de conexão entre empresas e consumidores; já a narrativa da sua história é o efeito potencializador do engajamento da sua audiência. A proposta com esse tipo de material é evidenciar o propósito, os valores e outros aspectos relevantes do negócio.

 

3- Personalidades das marcas 

Ao passo que as marcas estão mais inseridas no ambiente digital, a criação de uma personalidade foi a alternativa perfeita para fazer a aproximação com o público. Os avatares, que cada vez mais adquirem um visual humano, assumem uma posição de destaque.

 

Algumas marcas já apostam na criação de perfis voltados exclusivamente para essas personalidades. Trata-se de uma tendência que deve crescer ainda mais nos aplicativos de vídeos curtos, que podem promover o posicionamento do negócio de forma rápida e dinâmica.

 

A humanização da marca por meio dos seus personagens faz com que o consumidor se conecte cada vez mais e passe a conhecer sua missão, visão e valores. Os clientes passam a entender de quem estão comprando, o que as marcas defendem e como elas são. A partir desse vínculo formado, a chance de venda é potencialmente maior. Com essas personalidades as marcas estão construindo confiança e credibilidade via uma conexão quase humana.

 

4- SEO para vídeos

Vídeo curto é uma tendência que veio para ficar e é preciso muito trabalho para que tenha um bom desempenho. O SEO, já muito utilizado pelas empresas para otimização do posicionamento em mecanismos de busca, também pode trazer sucesso na busca em plataformas de vídeos.

 

Se em textos as palavras-chaves, hashtags, títulos e outros detalhes são utilizados para garantir um melhor posicionamento nos meios de pesquisas, em vídeos não é diferente. O investimento nesse recurso pode trazer muitos benefícios, como a maior visibilidade do vídeo dentro das plataformas e uma melhor associação da marca nas buscas e tendências.

 

5- Envolvimento da comunidade 

A participação da comunidade é crucial para o sucesso de um vídeo ou uma live. Por isso, os criadores estão atentos à geração de conteúdos colaborativos que envolvam a participação de quem está assistindo. Isso pode ser feito via a criação de uma hashtag, um challenge ou um filtro exclusivo. Além de criar uma proximidade com o público, pode impulsionar bastante engajamento ao perfil.

 

6- Conteúdos em tempo real

A internet trouxe para o mundo a vantagem de acessar qualquer conteúdo em qualquer hora e em qualquer lugar. Basta fazer uma rápida pesquisa para encontrar alguém postando ao vivo sobre determinada situação nas plataformas. Por conta disso, os conteúdos transmitidos em tempo real se tornaram muito valorizados pelos usuários e ainda mais pelas marcas, que precisam atrair e reter o interesse dessas pessoas.

 

Uma experiência ao vivo pode ter vários formatos, como palestras, webinars ou live blogging. Por acontecerem em tempo real e geralmente estarem disponíveis por tempo limitado, os conteúdos geram sentimentos de exclusividade e urgência no público.

 

7 – Slow content

É uma forma de tornar os processos de produção de conteúdo mais orgânicos, fluidos e criativos. O conceito não propõe necessariamente a redução do ritmo de postagens, mas a priorização da qualidade e da identidade nas criações.

 

Os profissionais que defendem o movimento acreditam que para gerar um bom conteúdo é necessário respeitar o tempo do criador. A ideia é ser mais flexível nas regras de produção e SEO, deixando de lado o “piloto automático” e criando com mais liberdade a fim de construir peças com identidade, verdade e propósito.

 

8- Produção do conteúdo com trilhas e efeitos 

Os efeitos criativos e as trilhas sonoras, que são marcantes e fazem toda a diferença no ambiente cinematográfico, agora estão ganhando espaço também nos vídeos de até 1 minuto. É necessário ser criativo para tornar um vídeo original e único. Por conta disso, os conteúdos que trazem efeitos diferentes dos usuais para criar um storytelling marcante e exclusivo atraem olhares e engajamento do público e, por consequência, se tornam virais.

 

Sobre o Kwai

Um dos aplicativos gratuitos mais populares do Brasil, o Kwai permite que o público crie seu próprio conteúdo e compartilhe vídeos online de forma fácil, inclusiva e acessível, em um universo interativo que possibilita a conexão de pessoas. Com a missão de tornar a vida das pessoas mais felizes, o Kwai acredita que todos os pequenos momentos da vida merecem ser compartilhados. O app está disponível nos sistemas iOS e Android, na App Store e no Google Play. Saiba mais em: kwai.com.

Compartilhe com seus amigos




centralrbn

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar