Após cantar a liberdade para amar de qualquer modo em “Que Bom”, o cantor e compositor  Marcelo Perdido se une a Teago Oliveira, da Maglore, para celebrar a festa popular mais importante do país em “Carnaval”. Porém o foco não é a folia em si, e sim o poder de resistência ao dia-a-dia  e um respiro momentâneo além da realidade. A faixa está disponível para streaming e ganha um lyric video.

Assista a “Carnaval”: https://youtu.be/t_bTjt4vlHc

Ouça “Carnaval”: https://smarturl.it/PerdidoCarnaval

“‘Carnaval’ é uma música pop sobre saudades e amor na maior festa  popular do Brasil, mas que em um país tão opressor acaba por significar muito mais que uma festa, é um respiro de liberdade por alguns dias, uma inspiração que pode servir para seguir sua vida desta forma o resto do ano: espalhando amor e sendo quem você é”, reflete Perdido.

A faixa une dois sotaques representativos do carnaval: Rio e Salvador. Teago é cantor e compositor baiano e desponta como importante figura da cena atual, tendo sido gravado por Erasmo Carlos e Pitty, e sua banda Maglore já acumulou mais de 20 milhões de audições no Spotify.

Já Marcelo mescla música brasileira com pop e alternativo e tem em sua discografia solo cinco álbuns: “Lenhador” (2013), “Inverno” (2015), “Bicho” (2016) e “Brasa” (2019) e “Não tô aqui pra te influenciar” (2020). Este último, considerado um dos melhores do ano passado pela APCA, mostrava um compositor maduro, mas agora ele quer dar um novo passo. Depois de explorar o universo visual desse trabalho em clipes desenvolvidos pelo próprio artista, Perdido revelou em junho o single inédito “Que Bom”, celebrando os amores diversos.

Assista a “Que Bom”: https://youtu.be/ygF7zIxw8_s

Ouça “Não tô aqui para te influenciar”: https://smarturl.it/NTAPTIMarceloPerdido

“Carnaval” dá mais um gostinho dessa nova fase com um time de peso. Com produção de Habacuque Lima (Ludov, Pullovers), que também tocou guitarra e sintetizadores, a faixa conta com baixo de André Whoong, bateria por Matheus Souza (Tiê), teclas, cordas e trompete por Danilo Andrade (Jorge Ben Jor, Gilberto Gil) e flauta de Pedro Vituri. “Carnaval” está disponível em todas as plataformas de streaming.

Assista a “Carnaval”: https://youtu.be/t_bTjt4vlHc

Ouça “Carnaval”: https://smarturl.it/PerdidoCarnaval

Marcelo Perdido se une a Teago Oliveira (Maglore) em grito de liberdade e folia para o ano inteiro

Ficha técnica:

Intérpretes: Marcelo Perdido e Teago Oliveira

Música e Letra: Marcelo Perdido

Produção: Habacuque Lima

Guitarras e Violões: Habacuque Lima e Marcelo Perdido

Baixo: André Whoong

Bateria: Matheus Souza

Teclas & Trompetes: Danilo Andrade

Flautas: Pedro Vituri

 

Capa: Raoni Maddalena

 

Selo: CENA© – Grupo POPLOAD

 

Letra:

 segunda, terça, quarta, quinta, sexta-feira

semana após semana, mês a mês

você segura na minha mão mas solta de primeira

e eu fico sem saber o que é que aconteceu

 

eu quis o tempo congelar

naquela chuva câmera lenta

e agora pago pelo delírio

de botar teu coração na mão

de uma pessoa só

quando tem um bloco inteiro passando para nos lembrar

 

e hoje é carnaval sem ser mas é

e eu juntei tantas coisas e forças

para gente ser o que quiser

e o mundo todo ouvir

que hoje é carnaval e se não for

eu brinco mesmo assim

essa cidade inteira sente

que hoje tinha que ser carnaval

não vai haver tristeza ou mal algum

vamos morar nesses dias o ano todo

o tanto que eu quero te ver sendo quem você é

 

hoje é carnaval sem ser mas é

eu juntei tantas coisas e forças

para gente ser o que quiser

e o mundo todo ouvir

que hoje é carnaval e se não for

eu brinco mesmo assim

essa cidade inteira sente

que hoje tinha que ser carnaval

essa cidade inteira sente

que hoje tinha que ser carnaval

 

Siga Marcelo Perdido:

https://www.marceloperdido.com.br