Conecte-se conosco

Notícias

Mais de 69% dos brasileiros acham importante terem acesso aos plásticos de uso único, segundo pesquisa Datafolha

Os entrevistados consideram que os plásticos de uso único como sacos, sacolas, copos, pratos e talheres são essenciais para a higiene, em especial em época de pandemia

Publicado

em

Mais de 69% dos brasileiros acham importante terem acesso aos plásticos de uso único, segundo pesquisa Datafolha

Pesquisa Datafolha, realizada entre os dias 10 e 20 de julho de 2021, revelou que 69,11% dos brasileiros acreditam ser importante manter o acesso aos chamados plásticos de uso único, como os sacos, sacolas, pratos, copos, talheres e outros.

Os dados mostram que a maioria dos entrevistados consideraram esses produtos como sendo práticos e essenciais para a higiene, em especial em uma época de pandemia como a que é vivida mundialmente. Dessa forma, apontaram na pesquisa que acham importante continuarem recebendo esses produtos para seu uso nas refeições, seja no delivery em casa ou nas praças de alimentação e em locais públicos.

O estudo, encomendado pela Associação Brasileira da Indústria de Embalagens Plásticas Flexíveis (ABIEF) e pelo Instituto Sustenplást, teve como objetivo entender a opinião da sociedade sobre os plásticos de uso único. A amostra deste estudo representa a população brasileira, homens e mulheres, com 16 anos ou mais, a maioria economicamente ativa. A renda familiar média dos entrevistados é de 3,5 salários mínimos.

Para Rogerio Mani, presidente da ABIEF, é importante conhecer a opinião da população que hoje, em muitas localidades do País, se vê privada dos plásticos de uso único por inciativas legislativas. “É comprovada a importância dos plásticos para a higiene e saúde das pessoas, principalmente quando o mundo vive uma questão sanitária tão grave. Se juntarmos isso à opinião da sociedade sobre as vantagens e benefícios desses produtos, fica clara a necessidade de se manter o acesso a eles como um direito de todos”, afirma Mani.

Para Alfredo Schmitt, presidente do o Instituto SustenPlást, é fundamental conhecer as reais demandas existentes na sociedade e o benefício social associado, ao mesmo tempo informando e educando sobre a destinação correta dos plásticos. “A melhor maneira de se garantir a proteção ao Planeta sem prejudicar a população em seu direito à saúde e ao bem estar é promover o conhecimento sobre o consumo responsável dos plásticos de uso único, assim como sobre seus benefícios e vantagens, além de esclarecer e fomentar a destinação correta desses produtos para a reciclagem, promovendo a Economia Circular e o desenvolvimento sustentável”, completa Schmitt.

Metodologia da pesquisa

Entre os dias 10 e 20 de julho de 2021, foram realizadas 2.071 entrevistas, distribuídas em todas as regiões do Brasil. Foram entrevistados homens e mulheres, de 16 anos ou mais, pertencentes a todas as classes econômicas.

O modelo de entrevista quantitativa foi aplicado com abordagem presencial mediante questionário. O desenho amostral foi elaborado com base em informações do Censo 2010/ Estimativa 2021 (Fonte: IBGE) e a margem de erro máxima para o total da amostra é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Light Dark Dark Light