0
Regionalidade, resistência e misticismo. Com o videoclipe de Imbu, Felipe Wander aborda todos esses fatores enquanto questiona a existência humana. A obra tem direção de Fernando Ventura e trata-se de um lançamento do coletivo Trinca de Selos, que é composto pelas gravadoras Brechó Discos, BigBross Records e São Rock Discos.

Assista videoclipe de Imbu no Youtube

O roteiro foi concebido pelo diretor em parceria com o próprio Felipe Wander. As filmagens ocorreram nos arredores de Fortaleza, no Ceará. Desta forma, o eu-lírico visa encontrar a sua essência perante os percalços da vida – enfrentando a sentimentalidade e os próprios sonhos.

A faixa, por sua vez, mistura a MPB contemporânea à brasilidade dos anos 1970 de nomes como Belchior e Caetano Veloso. Para Felipe Wander, o clipe retrata a essência da canção.

“O ser humano é incompleto e isso permeia toda a nossa existência. Por isso, é preciso lembrar das feridas para continuar perambulando. Essa é a aura de Imbu. Isso nos permitiu levar a intuição para as sessões de gravação, misturando ideias prévias à improvisação”.

Este é o primeiro videoclipe da trajetória solo do artista que outrora ainda divulgou o single Avoante em 2020. O audiovisual ainda contou com o suporte do iluminador Marinho e dos figurinistas Ricardo Bezerra e Nayrla Delmiro.

Foto por Fernando Ventura

Ana Lúcia

Raffinha Oliver grava novo clipe

Artigo anterior

Pentatlo: Danilo Fagundes e Felipe Nascimento são o Brasil na Hungria

Próximo artigo

COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar