Conecte-se conosco

Lutas

Gabriela Chibana batalha muito, mas termina eliminada em sua segunda luta nos Jogos de Tóquio

Publicado

em

Gabriela Chibana batalha muito, mas termina eliminada em sua segunda luta nos Jogos de Tóquio

Judoca do Time Ajinomoto estrou com vitória relâmpago sobre Harriet Bonface, do Malawi, mas foi superada por Distria Krasniqi, do Kosovo

Apesar de muito esforço, Gabriela Chibana, atleta de judô do Time Ajinomoto, encerrou na madrugada deste sábado (24) sua participação nos Jogos de Tóquio.  Após ganhar na estreia de forma fulminante de Harriet Bonface, do Malawi, ela foi derrotada por ippon por Distria Krasniqi, de Kosovo, líder do ranking mundial e que terminou levando a medalha de ouro do peso ligeiro (48 kg).

Na primeira luta do dia, abrindo as competições do judô em Tóquio, Gabriela Chibana não deu a menor chance para Harriet Bonface, do Malawi. Com muita concentração, ela não deixou a adversária nem se posicionar direito para aplicar o ippon, golpe que define a vitória, saindo com a vitória, com apenas 14 segundos de combate.

A sequência, contudo, reservou uma adversária bem complicada para a brasileira. Krasniqi, do Kosovo, soube impor o ritmo da luta o tempo todo, sem dar oportunidade para que Gabriela conseguisse encontrar um espaço para dar um bom golpe. Acabou sendo derrotada por ippon e, logo após o combate, agradeceu a força que recebeu de todos que ficaram torcendo por ela.

“Sabia que ela (Krasniq) era bem forte, de força mesmo, tentei movimentar melhor na luta, mas acabei caindo de ippon. Foi uma sensação muito boa, uma vibração diferente lutar aqui no Budokan. Agora, é um sentimento de dor que não sei quando vai reverter, porque é todo um esforço de uma vida para estar aqui. Só tenho a agradecer a todos que torceram por mim”, disse Gabriela Chibana.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *