0

Peças, que foram indicadas a maior premiação das artes cênicas baiana, serão transmitidas gratuitamente entre 08 e 12 de outubro no YouTube

Comédia adolescente, drama e uma peça-ensaio compõem a segunda semana da 6ª Mostra Prêmio Braskem de Teatro, que começou nesta quinta-feira, 8, com a reapresentação dos espetáculos Eu vou te dar alegriaVermelho Melodrama e Holocausto Brasileiro. As peças, que foram indicadas para a maior premiação das artes cênicas da Bahia, serão transmitidas gratuitamente até segunda, 12, pelo canal do prêmio no YouTube (www.youtube.com/PremioBraskem).

Concorrendo na categoria infantojuvenil, Eu vou te dar alegria narra os encontros, desencontros, reencontros e amores inencontráveis de moradores de um Edifício chamado Soterópolis. Através da relação entre os personagens, a peça fala sobre as paixões, desilusões, solidões, afetos e desafetos, convidando jovens e suas famílias para uma reflexão sobre esperança e afeto

Com indicação em seis categorias do Prêmio Braskem de Teatro, Vermelho Melodrama questiona a realidade, traçando paralelos entre acontecimentos políticos do Brasil com a ficção melodramática. Com texto de Gildon Oliveira e Jorge Alencar, a peça mostra a dualidade entre amor e ódio.

Já Holocausto Brasileiro, que concorre em cinco categorias da premiação, é uma peça-ensaio que analisa o manicômio e centros psiquiátricos em afro-perspectiva. Com texto e direção de Diego Araújo, o espetáculo tem uma estrutura documental, mostrando a análise de um grupo de artistas documentaristas que tentam entender fatores que levaram uma população de mais de 70% de pessoas negras e não-brancas a ser internada no Hospital Colônia Barbacena (MG) e em outros espaços psiquiátricos.

A mostra é organizada pela Caderno 2 Produções e patrocinada pela Braskem e Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda. Os vencedores do Prêmio Braskem de Teatro serão revelados em cerimônia realizada na TVE no dia 18 de outubro, inovando no conceito do evento, que terá o formato de programa de televisão ao vivo com o tema “A história do teatro em tempos de exceção e a relação com o tempo atual”.

Agenda cultural:

Eu vou te dar alegria – uma comédia de erros com pitadas de romantismo que narra os encontros, desencontros, reencontros e amores inencontráveis de moradores de um Edifício chamado Soterópolis. Através das relações que se estabelecem neste edifício acompanhamos as paixões, desilusões, solidões, afetos e desafetos, que nascem e crescem das interações entre personagens alegóricos. Transmissão gratuita no canal do prêmio no YouTube (www.youtube.com/PremioBraskem) entre quinta (8) e segunda (12).

Vermelho Melodrama – o espetáculo mergulha no gênero do melodrama e, a partir de suas típicas construções, aciona questionamentos sobre as ficções de nossa atual realidade. A peça ainda traça paralelos com os atuais acontecimentos políticos do Brasil, que mais parecem ficção melodramática com seus personagens arquetípicos, grandes revelações e reviravoltas. Amor e ódio em polaridade. Transmissão gratuita no canal do prêmio no YouTube (www.youtube.com/PremioBraskem) entre quinta (8) e segunda (12).

Holocausto Brasileiro – é uma peça-ensaio onde se analisam o manicômio e centros psiquiátricos em afro-perspectiva. Através de uma estrutura documental e meta-documental, um grupo de artistas documentaristas decide entender os fatores que levaram uma população de mais de 70% de pessoas negras e não-brancas a ser internada no Hospital Colônia Barbacena (MG) e em outros espaços psiquiátricos. Transmissão gratuita no canal do prêmio no YouTube (www.youtube.com/PremioBraskem) entre quinta (8) e segunda (12).

centralrbn

Pia convoca seleção feminina para preparação em Portugal

Artigo anterior

Laika lança o belo videoclipe ‘Pálido Ponto Azul’

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *