0

O restante para uso próprio das instituições do Grupo UniEduK. Entre outras ações, também foram produzidas 17 mil máscaras para doação e adquiridas 10 mil Face Shields para uso interno

Consciente e comprometida com sua responsabilidade social, o Grupo UniEduK promoveu diversas ações para preservar a saúde não apenas de alunos e funcionários, mas da comunidade ao seu redor.

Desde o início da pandemia, já foi produzida 1 tonelada de álcool em gel e 17 mil máscaras em parceria com empresas da região, para doar a hospitais e asilos de Jaguariúna, Indaiatuba e Holambra.

Também foram produzidos para uso interno das instituições que formam o Grupo UniEduK (UniFAJ, UniMAX e FAAGROH), 800 quilos de álcool em gel e 400 litros de álcool líquido. Além disso, foram adquiridas e distribuídas entre alunos e funcionários 20 mil máscaras e 10 mil unidades de Face Shield. Todos os nove campi do Grupo receberam, ainda, 15 totens de pulverização e 215 totens de álcool gel.

Desde o início da pandemia de Covid-19, o Grupo Educacional UniEduK tem atuado com cuidado para assegurar e preservar a saúde dos alunos, colaboradores e comunidade que usufrui dos espaços e serviços disponibilizados pela UniFAJ, UniMAX e FAAGROH.

Para o enfrentamento do problema e retomada gradual das aulas presenciais de acordo com as liberações do Governo do Estado de São Paulo, o Grupo formou um comitê de biossegurança multidisciplinar que contou com médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, educadores físicos, segurança do trabalho, arquitetos, entre outros.

Essa equipe trabalhou intensamente para criar e estabelecer um protocolo de biossegurança seguindo as recomendações de precaução orientadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde), as Secretarias de Saúde das cidades em que estão localizados os campi (Jaguariúna, Indaiatuba e Holambra), bem como a opinião de profissionais atuando na linha de frente: infectologistas, enfermeiros, fisioterapeutas, entre outros.

Por fim, somada aos esforços da diretoria, administração e colaboradores está a dedicação dos alunos, em destaque os estudantes do curso de Enfermagem, que por meio do projeto “UniEduK Segura” auxiliam no monitoramento de saúde, com aferição de temperatura, coleta de dados referente a sinais e sintomas precoces do Covid-19, entre outras ações.

“A instituição está imbuída de sua responsabilidade social neste momento crítico. Este zelo busca proteger os alunos, colaboradores e docentes dos centros universitários bem como todas as suas respectivas famílias, frente a uma doença com elevada transmissibilidade e evolução clínica imprevisível”, destacam os diretores do Grupo.

Crédito Foto: Arquivo Pessoal

centralrbn

Sequestro de dados com resgate

Artigo anterior

Antídoto contra a crise: especialista destaca estratégias para empresas terem gestão mais eficiente em 2021

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Notícias