Bia Haddad fará final de duplas na Austrália contra campeãs olímpicas

[ad_1]

A paulista Bia Haddad está a apenas uma partida de conquistar o título de duplas do Aberto da Austrália, em Melborune. Ao lado da parceira cazaque Anna Danilina, Bia assegurou vaga na final ao derrotar as japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara por 2 sets a 1 (parciais de 6/4, 5/7 e 6/4) na semifinal ontem (26) à noite. Esta é a primeira vez que uma brasileira é finalista do Grand Slam australiano desde 1968, quando teve início a Era Aberta. Antes, em 1960, Maria Esther Bueno se tornou a primeira mulher do país ao faturar o torneio de duplas. Bia Haddad fará final de duplas na Austrália contra campeãs olímpicasBia Haddad fará final de duplas na Austrália contra campeãs olímpicas

“Mais um jogo difícil. Não foi fácil sacar no 5/4 e perder match point, realmente senti a pressão, mas feliz que não me frustrei. Só olhei pra Anna e falei ‘Vamos pro próximo’. Muito feliz de ter tido uma segunda chance e é isso que eu quero levar pros meus próximos jogos”, disse Bia, de 27 anos, logo após o duelo. 

Para levantar a taça no primeiro Grand Slam da temporada, a parceria Brasil-Cazaquistão terá de superar as atuais campeãs olímpicas. As tchecas Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova se classificaram à final ao ganharem com tranquilidade a outra semi, contra a dupla da belga Elise Mertens com a russa Veronika Kudermetova por 2 sets a 0 (parciais de 6/2 e 6/3). No ano passado, Krejcikova e Siniakova foram vice-campeãs em Melbourne.


[ad_2]

Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.