Conecte-se conosco

Entretenimento

Bailarinos capixabas realizam residência artística em Portugal

Artistas representam o Brasil em aulas com coreógrafa eslovaca

Publicado

em

Bailarinos capixabas realizam residência artística em Portugal

Os bailarinos capixabas Gabriela Moriondo e Maicom Souza e Silva realizarão o projeto “Residência Coreográfica – Processos de Criação com Eva Urbanová” até o dia 18 de dezembro, em Lisboa (Portugal). A residência promoverá a troca entre os bailarinos brasileiros e a coreógrafa eslovaca, que resultará na montagem de um espetáculo de dança contemporânea que terá transmissão ao vivo no fim da residência, no YouTube.

Inscreva-se no canal: https://www.youtube.com/channel/UCa5QCWAHe7MK6o2vAO7UC2w

O projeto de intercâmbio artístico foi aprovado no início de 2020 e precisou ser adiado por causa da pandemia. Porém, com a vacinação e a progressiva abertura de fronteiras, será finalmente possível realizá-lo.

Bailarinos capixabas realizam residência artística em Portugal

“Temos como objetivo pesquisar, aprender, partilhar, refletir e trazer para Vitória/ES as experiências que serão vivenciadas junto à coreógrafa durante uma residência artística em seu país de residência. Queremos nos deslocar para Portugal na intenção de experimentar a metodologia de criação artística que Eva vem desenvolvendo em seus projetos e respectivos países da Europa. A intenção é ampliar nossa pesquisa de movimento e performance, e criar cenas a partir das práticas coreográficas de Eva Urbanová conosco, resultando em um duo, que durante o processo será nomeado.”, explica Gabriela Moriondo.

Além da montagem coreográfica do espetáculo, a residência também resultará em uma oficina de dança para aproximar o público do processo e da troca de saberes, além da criação do perfil @residenciacoreografica, no Instagram, que se tornará um diário de viagem e de experiências artísticas. A residência, que conta com o apoio da Secult/ES, foi acolhida pelo programa de residência dos Estúdios Victor Córdon, em Lisboa, importante centro criativo de apoio à dança de Portugal, que cederá as suas instalações para a realização da residência.

A residência artística em Portugal se dá após um breve intercâmbio virtual realizado com a coreógrafa Eva Urbanová durante a pandemia, por meio de editais emergenciais, e que originou o espetáculo SYNC, já disponível no YouTube.

Assista Sync: https://youtu.be/xUVMcSzuP7I

As pesquisas em dança afro-contemporânea de Maicom Souza e as pesquisas em improvisação de Gabriela Moriondo serão territórios fecundos para partilha e criação em outro continente, onde serão somadas às metodologias de Eva e compartilhadas de modo internacional. O projeto é, em suma, uma iniciativa de criação em dança a partir do encontro desses três artistas do movimento, influenciados por suas experiências somáticas e por suas raízes, suas culturas.

Bailarinos capixabas realizam residência artística em Portugal

A coreógrafa Urbanová, que atualmente está realizando uma turnê pela Alemanha, pesquisa profundamente o conceito de essência do bailarino e o monólogo interno criado quando se dança. Carrega uma pesquisa minuciosa das qualidades do movimento em níveis micro e macro, que muito contribui para o estado de presença e consciência do gesto.

“A dança contemporânea é um terreno fértil para pensar novas possibilidades de construção tanto teórica quanto artística, pois se relaciona ao período em que a sociedade se encontra. Pensamos que, com esta residência, podemos criar novos repertórios para discutir, questionar, compartilhar e buscar caminhos para se pensar os temas que eu e Maicom estamos pesquisando.”, avalia Gabriela.

A realização do projeto “Residência Coreográfica – Processos de Criação com Eva Urbanová” só é possível via edital 030/2019 da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo – Secult/ES.

Eva Urbanová – Mestra em coreografia pela Academy of Performing Arts, em Praga, estudou coreografia e dança contemporânea em seu intercâmbio no Trinity Laban Conservatoire of Music and Dance, em Londres (UK). Eva vem trabalhando com o coreógrafo japonês Yukio Suzuki, a coreógrafa eslovaca Petra Fornayová, dentre outros. Como coreógrafa, ela cooperou com o Conservatório de Dança de Praga, com o Conservatório Janacek, em Ostrava, e com a companhia de dança júnior Bohemia Ballet. Em 2019 Eva foi selecionada como jovem coreógrafa para criar para o Central European Dance Theatre, em Budapeste (HU), e, no mesmo ano, seu trabalho “Women of dust” foi selecionado para ser apresentado no festival Mala Inventura na categoria Young blood.

Gabriela Moriondo –  Artista capixaba, formada em Dança Contemporânea pela Escola do Teatro Bolshoi no Brasil (2014), especializada em Estudos de Dança no Trinity Laban Conservatoire of Music and Dance/UK (2016), qualificada em Performance de Dança Contemporânea (ATCL) pelo Trinity College London (2016), graduanda em Artes Plásticas na Universidade do Espírito Santo (UFES). Atua como bailarina, instrutora, coreógrafa e produtora cultural independente no Espírito Santo.

Maicom Souza e Silva – Capixaba, filósofo, bailarino, produtor cultural, instrutor de danças Negro-brasileiras e mestrando em Metafísica pela Universidade de Brasília – UnB. Trabalha como gestor e bailarino de Coletivo Emaranhado (2013), professor do Museu Capixaba do Negro “Verônica da Pas” MUCANE (2016) e está Sócio/Administrador da Bule Estúdio Criativo (2018) de produção cinematográfica e gestão de artes cênicas, todas atividades na cidade de Vitória, Espírito Santo/BR.

Acompanhe a Residência em Portugal 

Instagram: https://www.instagram.com/residenciacoreografica/

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCa5QCWAHe7MK6o2vAO7UC2w

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *