Entretenimento

Bailarina formada no Bolshoi lança espetáculo de videodança

Bailarina formada no Bolshoi lança espetáculo de videodança

Gabriela Moriondo é acompanhada por Maicom Souza em coreografia da artista eslovaca Eva Urbanová

Com mais de duas décadas de experiência, a bailarina brasileira Gabriela Moriondo lança a videodança “SYNC”. Junto do bailarino Maicom Souza, a dupla foi coreografada pela eslovaca Eva Urbanová, dentro do projeto de residência “Intercâmbio Virtual”, fruto da Lei Aldir Blanc, da Secult do Espírito Santo. Numa obra híbrida, multilinguagem, SYNC é a convergência da dança, do cinema e da música, em uma construção coletiva que é fruto da reunião por meio da arte. A persistência da arte em épocas insalubres.

Durante a residência com a bailarina e coreógrafa Eva Urbanová, a partir de estudos de intenções de movimento e de improvisação surgiu a dança, que sincroniza experiências a partir da dança contemporânea. No processo de montagem, a eslovaca propôs a enunciação do que é latente nos dançarinos, que representassem pelo movimento as essências de seu ser, o que os move.

“Trabalhamos a partir de estímulos como a palavra, a vibração, o volume, a intenção de cada movimento, buscando potência e detalhamento. A coreografia de SYNC, a videodança, veio surgindo naturalmente desta constante criação e transformação de movimento. Até que, em certo momento, começamos a pensar no que acontecia com os nossos movimentos a partir da presença e da observação do outro.”, conta Gabriela Moriondo.

Durante a pesquisa para o projeto “Intercâmbio Virtual: pesquisa e criação em videodança”, a diretora de cinema Daiana Rocha esteve presente nos ensaios, e começou a pensar na presença da câmera, na expressão da imagem e da iluminação. E do mesmo jeito aconteceu com Eriberto de Carvalho, responsável pela trilha sonora original, que a partir dos sons que emocionam os bailarinos, criou a música responsável pela camada extra de sensibilidade na videodança. Quem também imprimiu sua personalidade foi Léia Rodrigues, na iluminação, que ao utilizar o lilás como base, conseguiu valorizar os movimentos em SYNC.

Este é justamente o diferencial de SYNC: a reunião de artistas de diferentes locais e linguagens, durante uma pandemia em Vitória (ES). A coreografia nasceu de um projeto de pesquisa, que também se tornará artigo acadêmico, além de um bate-papo com toda a equipe que participou do projeto.

“A troca de experiências com a Eva e com o Maicom foi muito significativa para a dança que eu pesquiso. Me sinto alimentada, inspirada, potente. Além disso, para mim, que busco a videodança como campo de criação, aprendi muito com a Daiana Rocha e o Alexander Buck na ilha de edição, coreografando uma nova dança com eles e pensando nessa expansão da coreografia através do vídeo. E sou grata pela oportunidade que a Secretaria de Cultura do Espírito Santo me deu com esse apoio e essa possibilidade de fazer a manutenção do meu trabalho e da minha pesquisa durante a pandemia.”, avalia Gabriela Moriondo.

O projeto traz no elenco os bailarinos Gabriela Moriondo e Maicom Souza, com coreografia idealizada por Eva Urbanová, e produção de Maicom Souza. A direção de filmagem foi de Daiana Rocha, com Alexander S. Buck como cinegrafista, ambos trabalharam também na edição do Intercâmbio Virtual. A correção de cor foi realizada por Alexander S. Buck, com iluminação de Léia Rodrigues. O design gráfico é de Luís Felipe Roriz Stein, com foto still de Bernardo Firme. A trilha sonora original é de Eriberto de Carvalho, com produção executiva de Gabriela Moriondo. A residência aconteceu no Reverence Studio de Dança, em Vitória (ES).

O Intercâmbio Virtual é uma realização da Bule Estúdio Criativo, com apoio da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo. O espetáculo Intercâmbio Virtual é um projeto aprovado no Edital de Seleção de Projetos e Concessão de Prêmios Artes Integradas. Edital de Seleção de Projetos Lei Aldir Blanc 2020.

Bailarina formada no Bolshoi lança espetáculo de videodança

Conheça Gabriela Moriondo

Gabriela Moriondo é capixaba, formada em Dança Contemporânea pela Escola do Teatro Bolshoi no Brasil (2014), especializada em Estudos de Dança pelo Trinity Laban Conservatoire of Music and Dance (2016), Qualificada em Performance de Dança Contemporânea (ATCL) pelo Trinity College London (2016), graduanda em Artes Plásticas na Universidade Federal do Espírito Santo, e atua como bailarina, instrutora, coreógrafa e produtora cultural independente no Espírito Santo. Pesquisando dança contemporânea e improvisação, Gabriela realizou intensivos em Israel e na Alemanha, e executou no estado do Espírito Santo o projeto Improviso Coletivo (2017), que contou com nove edições. Além disso, desenvolveu o espetáculo CYBER (2019), estreado na Matias Brotas Arte Contemporânea, e, como coreógrafa residente na Cia Reverence (ES), desenvolveu os espetáculos ZOON (2017) e (des)EQUALIZAR (2019), além de trabalhar em colaboração com outros artistas capixabas, como Maicom Souza, André Prando e Gabriela Terra (My Magical Glowing Lens).

Assista a videodança “SYNC”: https://youtu.be/xUVMcSzuP7I

Conheça mais sobre o projeto em: https://www.gabrielamoriondo.com.br/sync

Acompanhe Gabriela Moriondo

Instagram: https://www.instagram.com/gabrielamoriondo/

Facebook: https://www.facebook.com/gabriela.moriondo

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCa5QCWAHe7MK6o2vAO7UC2w