Conecte-se conosco

Lançamento

André Perucci faz feat com o Mattilha na pesada e moderna 2001

Publicado

em

André Perucci faz feat com o Mattilha na pesada e moderna 2001

Música no streaming e videoclipe apontam a fragilidade do ser humano diante tragédias, como o 11 de Setembro e a pandemia

Diante de tragédias ou situações extremas, o ser humano escancara suas fragilidades e pode facilmente desmoronar, assim como um castelo de cartas. Esta é a premissa da densa e moderna ‘2001‘,single que o músico e produtor André Perucci lança via Canil Records, nesta sexta-feira, nas plataformas digitais e com videoclipe.

2001‘ é um feat de Perucci com dois músicos da experiente banda de hard/heavy paulistana Mattilha – Vitor Guilherme (guitarrista) e Gabriel Martins (vocalista).

Assista ao clipe: https://youtu.be/Z2UVrLaVv8g.

Ouça no streaming: https://onerpm.link/729139540506

A música é um desabafo de Perucci diante de um acontecimento histórico específico, o atentado de 11 de Setembro de 2001, que este ano completa 20 anos, um marco ainda mais impactante porque será lembrado em meio à outra tragédia sem precedentes na humanidade: a pandemia da Covid-19.

Os acontecimentos daquele fatídico dia em 2001 ficou na memória de Perucci, que resgatou flashbacks da época para compor ‘2001’, como conta, contextualizados aos dias atuais.

“Lembrei dos primeiros alertas de choque, tragédia e desespero na TV, da minha perspectiva ainda como criança, que ficaram impressas na mente até hoje e com um gosto amargo e estranho. O sentimento retornou no início de 2020, com a pandemia”.

O paralelo é inevitável e o peso e as camadas sonoras de um hard/heavy de ‘2001’ reforçam a intenção e Perucci em tencionar o passado e presente, mas, ao mesmo tempo, jogar luzes para o ser humano seguir em frente.

Videoclipe

O clipe, com direção de Caike Scheffer, tenta reproduzir a agonia e a sensação de “ficha cair” do peso e das consequências desses eventos, tanto de forma visceral (reprodução dos instrumentos), quanto de forma simbólica (as cartas e interações).

Perucci acredita que o audiovisual dialoga com a simbologia de ‘2001’. “A letra algo mais misterioso, em contraste com o clipe, que tem o significado mais evidente”.

O feat

A participação da Mattilha neste single foi um processo natural, “tanto pelo estilo do som quanto pelo senso de modernidade e vanguardismo que eu sempre senti da Mattilha”, revela Perucci.

Perucci, produtor no Milla Studios (SP) e músicos em outras bandas, como Behs e Daga, também destaca a amizade entre eles. “Uma amizade que nasceu da correria das bandas e shows, compartilhando palcos e histórias, e uma admiração recíproca pela linguagem musical tanto da minha parte quando do Victor e do Gabriel”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Light Dark Dark Light