Conecte-se conosco

Saúde

A falta de saúde bucal pode comprometer a felicidade?

Publicado

em

A falta de saúde bucal pode comprometer a felicidade?

Fé, otimismo, bom humor. Atitudes que, em meio à pandemia pela qual o mundo passa, tornam-se tão valiosas para fortalecer as pessoas para enfrentar o momento tão desafiador. Mas, qual é o mecanismo do sorriso? Ele é um estado de espírito? Aspectos físicos também influenciam em seu estado de espírito?

Internamente, o sorriso libera no corpo  hormônios que são reconhecidos como “hormônios da felicidade”, como a dopamina, a endorfina e a serotonina. Esses hormônios, além de melhorar o humor, também melhoram a resposta do corpo no combate a doenças. Em 2001, cientistas japoneses perceberam melhoras no quadro de alergias a pacientes que foram expostos aos filmes de Charles Chaplin, por exemplo.

“Quando sorrimos, enviamos para o inconsciente das outras pessoas que nos cercam mensagens que geram simpatia e melhoram a vida social das pessoas, ampliando seu estado de felicidade”, diz a odontóloga Carla Rockenbach, que atende na Venko Inteligência Odontológica, em Goiânia.

Ela lembra que comemorar a felicidade e a saúde bucal em um mesmo dia é uma feliz coincidência. “Cárie, mau hálito, gengivite, placa bacteriana e tártaro são problemas objetivos que são gerados com a falta de cuidados com a saúde bucal. Mas eles também interferem na vida social dos pacientes, podendo gerar inibição”, diz.

A profissional que é especialista em odontologia estética lembra que o sorriso é um grande marcador social. “Quando sorrimos, enviamos para o inconsciente das outras pessoas que nos cercam mensagens que geram simpatia e melhoram a vida social das pessoas, ampliando seu estado de felicidade”, exemplifica a dentista.

Carla Rockenbach finaliza alertando para a importância de manter em dia acompanhamento odontológico preventivo duas vezes por ano. “Quando nós cuidamos do nosso sorriso, damos um presente para nossa alma. E a nossa saúde, sem dúvidas, é sempre melhor quando levamos a vida com alegria”, finaliza a dentista.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *