0

O Ministério da Saúde da Colômbia proibiu a entrada no país da seleção brasileira masculina de basquete que disputaria as duas últimas rodadas das eliminatórias da AmeriCup, a Copa América da modalidade. A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) foi comunicada pela semelhante colombiana na última segunda-feira (15), e confirmou nesta terça-feira (16), que a equipe não enfrentará Panamá e Paraguai nos jogos destes domingo (21) e segunda-feira (22), em Cali. O Brasil já está classificado para a competição continental, que será em 2022. Conforme nota divulgada pela CBB, o veto leva em conta a pandemia e a “variante brasileira” do novo coronavírus (covid-19).

O governo colombiano comunicou a proibição à federação local na última sexta-feira (12). A Federação Internacional de Basquete (FIBA) foi acionada para buscar uma liberação excepcional para que o Brasil realizasse as partidas, mas sem sucesso.

“Em 2021, expedimos a resolução 080, de medidas preventivas e de controle sanitário de passageiros provenientes do Brasil por conta do novo coronavírus. Considerando a situação da pandemia atual e a emergência de uma variante no Brasil com um comportamento clínico e epidemiológico diferente, e para salvaguardar o direito à saúde, não poderão ingressar no país”, disse Julián Niño, diretor do Departamento de Epidemiologia da Colômbia, no comunicado à federação do país, em declaração reproduzida pela nota da CBB.

Ainda segundo o comunicado, a confederação afirma que tomou “todas as medidas administrativas e de logística com antecipação para evitar qualquer contratempo” e cumpriu “todas as exigências para a participação nos duelos” desde a informação “de que voos provenientes do Brasil, mesmo com escala, não poderiam ingressar no país [Colômbia]”. Por fim, de acordo com a nota, depois de a Fiba confirmar a vaga brasileira na AmeriCup, mesmo que não pudesse disputar os jogos, “a CBB acatou de imediato a decisão colombiana”.

O Brasil assegurou a classificação à próxima edição da Copa América em novembro após vencer os primeiros jogos das eliminatórias, contra Uruguai (duas vezes), Paraguai e Panamá. Os dois últimos duelos serviriam para o técnico Alexsandar Petrovic testar novos jogadores. Entre os 17 convocados pelo treinador, sete foram chamados pela primeira vez à seleção principal. Caso estivesse liberada para viajar, a delegação embarcaria para Cali nesta terça.

O próximo desafio da seleção de basquete masculino será o pré-olímpico, em Split (Croácia), entre 29 de junho e 4 de julho. Os brasileiros estão no Grupo B, junto dos anfitriões e da Tunísia. Os dois primeiros da chave avançam à semifinal para encarar os classificados do Grupo A (Alemanha, Rússia e México). Apenas o campeão do torneio ganha vaga na Olimpíada de Tóquio (Japão).



Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Parceria entre cooperativas da agricultura familiar baiana coloca novo café gourmet no mercado

Artigo anterior

Quais foram os principais problemas de segurança digital enfrentados pelas empresas em 2020?

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Esportes