Conecte-se conosco

BA

Usuários já podem criar grupos de locais favoritos para pesquisas no Preço da Hora Bahia

Publicado

em

Logo

Uma nova funcionalidade do aplicativo Preço da Hora Bahia permite a criação de lista grupos com os estabelecimentos comerciais favoritos do usuário. Assim é possível pesquisar os preços de produtos em locais já frequentados ou próximos de casa ou do trabalho, como mercados, postos de gasolina, farmácias, entre outros. O usuário pode ainda utilizar as suas listas de compras para serem processadas sempre nos estabelecimentos favoritos.

A nova funcionalidade está disponível na versão 1.2.118 do app, que pode ser baixada na Apple Store e no Google Play Store e também acessada pelo site precodahora.ba.gov.br. De acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba), que é responsável pelo app, já foram registrados mais de 430 mil downloads de usuários do Preço da Hora Bahia em todo o estado.

“Com essas novas funções, o usuário economiza tempo e dinheiro, e já sai de casa para fazer a compra mais barata num estabelecimento em que ele confia e frequenta”, afirma o diretor de Produção de Informações da Sefaz-Ba, Jadson Bitencourt.

O auditor fiscal Felipe Abreu, da Gerência de Sistemas da Sefaz-Ba, explica que agora o consumidor pode criar, por exemplo, um grupo com todas as farmácias nas redondezas de sua residência. “A partir dessa lista, ele pode pesquisar o preço de um medicamento somente nesses estabelecimentos e dirigir-se ao local com o menor preço apresentado no aplicativo”.

Informar problema e outras funções
O botão “Informar problema” é outra funcionalidade bastante utilizada no app. Já foram enviadas pelos usuários 1.404 registros de ocorrências, relatados por meio do botão. Situações como estabelecimentos que se recusam a emitir nota fiscal, divergências entre o valor pago e o registrado em nota e casos de preços abusivos são relatos recorrentes dos consumidores.

Pelo app, é possível ainda acessar o histórico de preços dos combustíveis comercializados na Bahia e compartilhar os melhores preços dos produtos nas redes sociais. A nova versão apresenta ainda um layout mais moderno e amigável, além de melhorias na performance das consultas. Para ter acesso às novas funcionalidades, é preciso fazer a atualização para a nova versão.

Pelo Preço da Hora, o consumidor pode pesquisar os preços de todos os produtos comercializados no estado, a partir de informações extraídas das mais de 3,2 milhões de notas fiscais eletrônicas processadas diariamente pela Secretaria da Fazenda do Estado. Atualmente podem ser pesquisados mais de 500 mil produtos.

Milena Leal

Link

Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA