0

Desde a última convocação da seleção brasileira, o técnico Tite já se viu obrigado a cortar dois jogadores por conta de lesões, e as dúvidas permanecem quanto ao elenco para as próximas rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar. Nesta quinta-feira (29). o lateral-esquerdo Allan Teles, do Manchester United, confirmou que  testou positivo para o novo coronavírus (covid-19) e cumprirá quarentena pelos próximos dias. Preocupante também, é a situação do atacante Neymar: o camisa 10 do Paris Saint-Germain (PSG), teve de ser substituído ainda no primeiro tempo do confronto pela Liga dos Campeões, após sentir um desconforto muscular na perna esquerda.

Na noite de ontem (28) , a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou a convocação do meio-campista Allan, do Everton (Inglaterra),, em substituição ao volante Fabinho, do LIverpool (Inglaterra). O atleta  foi cortado do grupo depois de se machucar na última terça (27), durante confronto dos Reds contra o Midtjylland, na Liga dos Campeões. Allan estreou com a camisa amarela em novembro de 2018 contra o Uruguai. Já fez oito partidas pela seleção, inclusive fez parte do elenco campeão da Copa América 2019. .

O primeiro a ser cortado da seleção foi o meio-campista Philippe Coutinho, do Barcelona, que sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda, durante o clássico contra o Real Madrid no último sábado (24). Para o lugar de Coutinho, Tite convocou Lucas Paquetá, ex-jogador do Flamengo, atualmente no Lyon (França). 

A seleção se apresenta na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), a partir do próximo dia 9 de novembro. O primeiro compromisso será contra a  Venezuela, no Morumbi, no dia 13 de novembro. Quatro dias depois, o Brasil enfrenta o Uruguai, no Estádio Centenário, na capital Montevidéu.

Agência Brasil

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Covid-19: apesar da alta de casos, número de óbitos continua em queda

Artigo anterior

Campanha de multivacinação é prorrogada até 30 de novembro

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Esportes