0

O Dia Nacional da Consciência Negra, nesta sexta-feira (20), será marcado pela ocupação das redes sociais para reafirmar a luta e resistência do povo negro. A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) promove, a partir das 10h, a “Live da Consciência Negra” reunindo ativistas, debatedores e atrações culturais, com transmissão pelo canal do Youtube da Sepromi. A atividade acontece em formato virtual, respeitando as limitações impostas pela pandemia de Covid-19.

A atividade conta com a participação de lideranças do movimento negro, do professor de história da UFRB, Fábio Batista (Mestre em História da África, da Diáspora e dos Povos Africanos e docente da SEC), além de apresentação especial do bloco afro Ilê Aiyê, o “mais belo dos belos”. A titular da Sepromi, Fabya Reis, abrirá o evento, que integra o calendário do Novembro Negro na Bahia.

A instituição do dia 20 de novembro

O dia 20 de novembro foi instituído como o “Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra” em alusão ao líder negro Zumbi dos Palmares, falecido neste mesmo dia, em 1695. A medida tem como base legal a Lei Federal 12.519/11, em atendimento à demanda histórica do movimento negro no Brasil, que elegeu a figura de Zumbi como um símbolo da luta e resistência dos negros escravizados no país. Zumbi liderou o Quilombo dos Palmares (União dos Palmares, Alagoas), comunidade formada por pessoas escravizadas, fugidas das fazendas no Brasil colonial. O quilombo também foi palco da luta pela liberdade de culto religioso e prática da cultura africana.

Fonte: Ascom/Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi)

Milena Leal

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Nova geração de Xbox e PlayStation empolga pela velocida

Artigo anterior

Projeto Cultura Negra em Foco será transmitido no Instagram

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BA