Conecte-se conosco

BA

Secretaria da Educação abre chamada pública para submissão de projetos da 9ª Feciba

Publicado

em

Secretaria da Educação abre chamada pública para submissão de projetos da 9ª Feciba

Foto: Divulgação

A Secretaria da Educação do Estado lançou, nesta quarta-feira (11), a chamada pública para a realização da 9ª edição da Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (Feciba), que ocorrerá de 23 a 26 de fevereiro de 2021, de forma virtual, devido à pandemia do novo coronavírus.

A cerimônia, transmitida ao vivo por meio do canal do YouTube Educação Bahia, teve a participação do subsecretário da Educação, Danilo Souza, e da secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Adélia Pinheiro, entre outros convidados.

A Feciba visa popularizar e incentivar a Ciência por meio de apresentações de projetos desenvolvidos por estudantes e professores da rede pública. A chamada pública está disponível neste link.

Podem participar estudantes regularmente matriculados até o 2º ano do Ensino Médio e até 3º ano da Educação Profissional e Tecnológica, além de professores, gestores e coordenadores pedagógicos da rede pública estadual de ensino da Bahia.

A adesão das escolas será realizada entre os dias 12 de novembro e 2 de dezembro, com as submissões dos projetos no período de 3 de dezembro a 8 de janeiro de 2021. O formulário de adesão encontra-se neste link. A relação dos aprovados será divulgada no dia 9 de fevereiro de 2021.

O subsecretário Danilo Souza, que representou o secretário Jerônimo Rodrigues na live, destacou a importância da Feciba. “Investir na Ciência desde cedo é muito importante para todos nós. Tem alguns municípios que realizam feiras científicas e trazem a Educação Infantil e o Ensino Fundamental para esta discussão e isso é muito importante. Vivemos na Bahia um momento muito forte de relação das unidades escolares, dos profissionais de educação e dos estudantes com a Ciência enquanto instrumento de construção do conhecimento”.

Iniciação científica

Para Adélia Pinheiro, promover a iniciação científica é fundamental. “Eu estive na 8ª Feciba e foi um grande prazer encontrar jovens profundamente imersos no valor do fazer científico, da instigação para conhecer profundamente os eventos e os problemas que se apresentam na busca se soluções. Isso permitiu que a gente conhecesse in loco as várias experiências de formação de educação científica, de produção de novos conhecimentos ou tecnologias. Por isso, a realização da Feciba é muito importante”.

A estudante Camile Eduarda Guimarães e o professor orientador Marcos Batista, do Colégio Estadual Professora Lia Publio de Castro, do distrito de Ibitira, em Rio do Antônio, explicaram as suas experiências com a Feciba. “Meu contato com todo esse universo da pesquisa científica me fez adquirir muita experiência e conhecimento”, afirmou Camile. Já o professor Marcos disse que “as feiras escolares, assim como a Feciba, são essenciais para o desenvolvimento dos estudantes, pois são apresentados projetos que eles mesmos constroem durante todo o processo”.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado

Luana Marinho

Link

Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA