0

A fila do sistema de regulação da Secretaria de Estado de Saúde (SES) passou a ter acesso liberado à Defensoria Pública, ao Ministério Público do Estado (MPE) e ao Ministério Público Federal (MPF).

A demanda histórica foi atendida nesta terça-feira (22), quando as senhas para entrar no sistema foram disponibilizadas aos três órgãos. A informação foi divulgada pela assessoria da SES.

O objetivo é dar transparência sobre as vagas oferecidas na rede de saúde do estado para internações, cirurgias e procedimentos de alta complexidade. Com a decisão, será ampliada a informação sobre as filas e o trabalho da Central Estadual de Regulação na busca ativa por vagas de centros de terapia intensiva (CTI) e enfermaria para cirurgias de alta complexidade, radioterapia, quimioterapia, cardiologia, entre outros serviços.

O acesso aos sistemas permitirá que Defensoria e Ministério Público trabalhem em parceria com a Secretaria de Saúde para encontrar melhores soluções para atender os pacientes da rede pública de saúde.

A transparência é um dos objetivos fundamentais do acordo. Com o acesso dos órgãos reguladores à Central Estadual de Regulação, ações judiciais poderão ser evitadas, diante da demonstração da situação real do sistema.

Vladimir Platonow – Repórter da Agência Brasil

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Câmara aprova dispensa da meta de exportação em ZPE devido à pandemia

Artigo anterior

MP que amplia uso de poupança digital é aprovada na Câmara

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Saúde