0

Neste domingo (13), a seleção brasileira masculina de rugby sevens, conhecida como Tupis, encerrou o Sul-Americano com o vice-campeonato. No evento disputado no Chile, apesar do segundo lugar, o Brasil fez história na primeira fase. Depois de empatar com o Chile em 12 a 12 na estreia, os Tupis fizeram 19 a 10 na seleção da Argentina, a primeira vitória da história do Brasil sobre a equipe principal dos argentinos no rugby sevens. Na sequência, o Brasil também venceu o Uruguai por impressionantes 45 a 0 para ficar com o primeiro lugar na classificação geral durante o primeiro dia de competições. No segundo dia, a fase final iniciou vencendo o Uruguai, por 27 a 0, pelas semifinais. Na decisão veio o segundo vice-campeonato seguido, quando o Brasil foi derrotado por 26 a 14 pelos argentinos.

Tupis e Pumas se enfrentaram na final do sul-americano de rugby, com vitória argentina.

Tupis e Pumas se enfrentaram na final do Sul-americano de rugby sevens, com vitória argentina. – Francisco Fuenzalida – Chile Rugby

Não foi a primeira vez que os brasileiros conseguiram esse feito, já que os Tupis ganharam da Argentina por 7 a 0, no Sul-Americano de Sevens de 2011, mas foi o primeiro triunfo brasileiro sobre o time principal do rival.

“O rugby brasileiro tem um desafio constante que é realizar conquistas inéditas. O crescimento passa por fazer coisas importantes sempre pela primeira vez. E a verdade é que este grupo soma ao seu histórico grandes primeiras conquistas pela seleção brasileira. A vitória contra os Pumas Sevens passa por aí. Já havíamos ganhado da Argentina em um torneio sul-americano de sevens em 2011, mas eles não estavam com a equipe principal. Desta vez, podemos dizer que vencemos a primeira equipe da Argentina. Estas conquistas servem para nos dar esperança, ampliar nossos horizontes e aumentar o número de pessoas que nos apoiam e passam a acreditar que é possível ser grande nesta modalidade”, exaltou o treinador, ou head coach, da seleção brasileira, Fernando Portugal.

“Foi impressionante disputar um torneio desse nível depois de um ano como esse. Foi quase perfeito para nós. A derrota faz parte do esporte. Apesar disso, o mais importante foi acreditar que as coisas vão melhorar. Para os Tupis 7s, o objetivo do próximo ano é a disputa das eliminatórias para os Jogos Olímpicos. Ainda não temos as datas, mas vamos nos preparar para a disputa dessa competição, que é o foco do sevens brasileiro. Também seguimos com o desenvolvimento do rugby XV”, disse Moisés Duque, capitão dos Tupis.

“Seguimos com o desenvolvimento do rugby no Brasil”, disse Moisés Duque, capitão dos Tupis 7s. – Francisco Fuenzalida – Chile Rugby

Em 2021, os Tupis 7s terão a disputa da repescagem mundial, com data ainda a ser confirmada, para a busca da vaga nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Além do Brasil, a América do Sul também contará com a participação do Uruguai neste torneio olímpico. A Argentina já está classificada para Tóquio no masculino.

Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Enel Green Power inicia construção de 1,3 GW de nova capacidade renovável no Nordeste

Artigo anterior

Governo do Estado lança Passe Livre Intermunicipal Digital para Pessoas com Deficiência

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Esportes