Conecte-se conosco

Esportes

Recém-promovido, Nova Mutum conquista inédito título

Publicado

em

Impactada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19), a temporada 2020 é atípica, com vários campeonatos estaduais sendo finalizados apenas em dezembro. Nesta quarta-feira (23), a festa foi das torcidas de Nova Mutum, Águia Negra e São Raimundo, campeões de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Roraima, respectivamente.

Recém-promovido à primeira divisão mato-grossense, o Nova Mutum superou o União Rondonópolis por 1 a 0 no estádio Luthero Lopes, na cidade de Rondonópolis (MT), garantindo o título estadual pela primeira vez. O clube da cidade de mesmo nome, que fica a 242 quilômetros de Cuiabá, jogava pelo empate, pois havia vencido em casa por 1 a 0 na partida de ida, no último domingo (20).

O gol que sacramentou a conquista inédita saiu aos oito minutos da etapa inicial, com o atacante Fernandinho. O Azulão, como é conhecido o clube, está garantido nas Copas Verde e do Brasil do ano que vem, além da próxima Série D do Campeonato Brasileiro. O time fará a estreia nas três competições.

Águia voa alto no Mato Grosso do Sul

No Mato Grosso do Sul, o Águia Negra assegurou o quarto título estadual – o segundo consecutivo – ao vencer a Aquidauanense por 1 a 0 no estádio Mário Pinto de Souza, o Noroeste, em Aquidauana (MS). Aos 42 minutos do segundo tempo, o zagueiro Virgulino, de cabeça, garantiu a conquista do clube de Rio Brilhante (MS).

A partida foi marcada por uma lesão séria do lateral Fabiano, do Águia Negra, que caiu em cima do braço depois de uma disputa de bola. O defensor saiu de campo de ambulância e foi levado a um hospital de Aquidauana. Foram cerca de seis minutos de paralisação para atendimento do jogador rubro-negro.

Mundão é penta em Roraima

Já em Roraima, o São Raimundo chegou ao 11º título estadual, sendo o nono da era profissional, ao golear o Grêmio Atlético Sampaio (GAS) por 4 a 1 no estádio Ribeirão, em Boa Vista. O jogo foi válido pela final do primeiro turno. Como tinha conquistado o segundo turno, finalizado na última quinta-feira (17), a vitória desta quarta assegurou o pentacampeonato ao Mundão, que não perde um duelo pelo Campeonato Roraimense desde 2016.

O São Raimundo abriu o placar aos 14 minutos, em falta batida pelo volante Gerson Belão. Também na bola parada, o zagueiro Miliano deixou tudo igual aos 17 minutos. Logo aos três minutos da etapa final, o meia Marcos Felipe recolocou o Mundão à frente. Aos 37, o volante Feliphinho, de cabeça, ampliou. Por fim, aos 45, o zagueiro Hícaro fechou o marcador.

4 de Julho reconquista Piauí

Na última terça-feira (22), o 4 de Julho garantiu a taça do Campeonato Piauiense pela quarta vez. O Colorado foi derrotado pelo Picos por 3 a 1 no estádio Helvídio Nunes, em Picos (PI), mas levou a melhor nos pênaltis, ao vencer por 4 a 2. A equipe da cidade de Piripiri (PI) havia ganhado a partida de ida por 2 a 0.

O atacante Rhuann abriu o marcador para o time da casa, mas o atacante Ted Love, artilheiro do Estadual com dez gols, igualou ainda no primeiro tempo. Na etapa final, faltando oito minutos para o término do jogo, o atacante Heitor recolocou o Picos à frente. Nos acréscimos, Rhuann assinalou o terceiro gol, forçando a disputa de penalidades. Por ironia, tanto Rhuann como Heitor perderam suas cobranças. O 4 de Julho converteu as quatro primeiras e comemorou a taça que não vinha desde 2011.



Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

Link

Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA