Conecte-se conosco

RJ

Produtores de eventos devem ficar atentos aos níveis de alerta da Covid nas regiões administrativas

Publicado

em

Produtores de eventos devem ficar atentos aos níveis de alerta da Covid nas regiões administrativas - Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

Os produtores de eventos do Rio de Janeiro devem ficar atentos aos níveis de alerta da Covid-19 nas regiões administrativas. Os estágios de risco estabelecidos pelo Centro de Operações e Emergências (COE Covid-19), a partir do boletim epidemiológico semanal, são classificados como baixo, moderado, alto e muito alto, e são eles que vão determinar quais medidas de proteção à vida serão implementadas nas áreas da cidade, de acordo com a resolução conjunta das secretarias de Saúde do município e estado.

– É superimportante que os produtores acompanhem a situação da área em que pretendem fazer um evento. Porque se eles pedem um alvará transitório hoje, através do Carioca Digital, para um evento a ser realizado daqui a um mês, e chegada a época aquela região administrativa estiver em risco muito alto, o evento automaticamente não poderá acontecer. E isso nós não temos como prever – informou Antonia Leite Barbosa, subsecretária de Promoções de Eventos.

Feira de variedades proibidas

A subsecretária também chama a atenção para a resolução da Secretaria de Ordem Pública (Seop), que proíbe feiras de comércio e serviços, tais como “feirinhas”, “feiras de variedades” de serviço, e similares em espaços públicos. De acordo com a resolução, “a exceção fica por conta das feiras livres, feiras especiais de arte (Feirartes) e outras realizadas periodicamente em áreas públicas”.

– A medida faz parte de projeto para organizar e devolver o espaço urbano à população preservando calçadas e áreas públicas, como praças, parques e calçadões, à circulação das pessoas. Com este objetivo, a Seop irá realizar um levantamento para analisar a viabilidade de novas autorizações para este tipo de evento”, explica o secretário municipal de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

marcellenascimento

Link

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA