Conecte-se conosco

BA

Pesquisa busca mensurar impactos da pandemia no turismo em 2021

Publicado

em

Logo

A fim de mensurar os impactos da pandemia da Covid-19, a Secretaria de Turismo do Estado da Bahia (Setur) realiza, pelo segundo ano consecutivo, pesquisa direcionada a guias de turismo, investidores com projetos em planejamento ou em fase de implantação e empresas do setor, a exemplo de meios de hospedagem, agências, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, bares e restaurantes. 

Realizada até o próximo dia 24 de julho, a pesquisa vai identificar as perspectivas dos empresários, profissionais e investidores para o ano de 2021, além de possibilitar o comparativo dos cenários do turismo baiano no primeiro e no segundo ano da pandemia. 

“As pesquisas vão subsidiar o desenvolvimento de ações estratégicas para que o turismo na Bahia, que é indutor de desenvolvimento e gerador de emprego e renda, volte a crescer”, explica o secretário Maurício Bacelar. Os dados também deverão subsidiar o grupo de trabalho constituído pela Setur com representantes do poder público e iniciativa privada na última semana, a fim de proporcionar uma efetiva retomada das atividades turísticas no estado, seguindo os critérios de prevenção e combate ao novo coronavírus. 

Para participar da pesquisa é preciso que guias de turismo e empresas do segmento estejam em situação regular no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo (Cadastur). A amostra será constituída por cerca de 400 questionários, sendo 302 voltados para empresariado do setor turístico, 70 para guias e 21 investidores das 13 zonas turísticas da Bahia. 

A Setur já iniciou contatos telefônicos com o público-alvo e está disponibilizando os questionários – personalizados de acordo com a área de atuação – em formato digital (Microsoft Forms) por e-mail. A previsão é de que os resultados sejam divulgados no final de agosto, no Observatório do Turismo da Bahia.

Dentre as principais questões estão incidência de redução do quadro funcional, necessidade de acesso a linhas de crédito, período do fechamento temporário, perspectiva de retorno do faturamento a níveis computados antes da pandemia e ações que a Setur e o Governo do Estado podem adotar para minimizar os impactos da pandemia no setor.

Fonte: Ascom/ Setur

Pamela Simplício

Link

Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA