0

Durante a semana, servidores discutiram o tema com os custodiados

Comemorado em 29 de janeiro, em reconhecimento à luta de travestis e transexuais no Brasil em busca de respeito, o Dia da Visibilidade Trans ganhou espaço também nos presídios paulistas. Durante a semana alusiva ao Dia da Visibilidade, a equipe de servidores da unidade realizou encontros com os sentenciados da Penitenciária Feminina de Tupi Paulista, que se autodeclaram homens trans e que participaram de rodas de conversa e assistiram documentário abordando transição de gênero, preconceito e intolerância (transfobia).

Projetada para detenção de mulheres, a Penitenciária Feminina de Tupi Paulista abriga hoje um total de 25 homens transexuais. A custódia desse grupo em unidade feminina é preconizada em recomendação do Departamento Penitenciário Nacional (Depen). A ação temática realizada teve como objetivo acolher esse público e proporcionar a momentos lúdicos, com a exibição cinematográfica e trocas de informações e experiências vividas.

O que é uma pessoa Trans?

O termo Transgênero é utilizado para definir uma pessoa que não se identifica com o gênero ao qual foi designado em seu nascimento, ou seja, aquele determinado pelos órgãos sexuais. Ela se identifica como sendo do gênero oposto e passa a viver assim.

fveravictoria

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Equipes da Prefeitura continuam empenhadas em minimizar os efeitos da chuva na cidade

Artigo anterior

Super Bowl LV: favorito ao título, discurso do MVP e as previsões mais incomuns do evento

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em SP