0

Foto: Divulgação/HM

“É uma emoção muito grande. É uma coisa surreal”. Com essas palavras, a artista e agora ex-paciente do Hospital da Mulher, Taty Drummond, resumiu o retorno à Oncologia Clínica da Unidade depois de ter finalizado o tratamento oncológico.

Diferentemente das outras vezes, em que comparecia para realizar as sessões de quimioterapia, desta vez Taty levou alegria e compartilhou seu talento com as pacientes. “Eu sempre tive vontade de fazer um trabalho solidário e, depois que tive câncer, aprendi tanta coisa na vida. Fiquei muito feliz por voltar aqui e levar alegria para essas pacientes”, contou.

A paciente Eliene Chagas se divertiu. “Às vezes, a gente vem tão apreensiva e, quando começa a ouvir a música, o pensamento vai longe. A gente esquece até dos problemas que ficaram em casa. Principalmente vindo de uma pessoa que já foi paciente, nos dá força e ânimo”, disse.

Musicoterapia_HM
Foto: Divulgação/HM

A ação faz parte da musicoterapia realizada na unidade, uma das ações de humanização promovidas pelo Hospital da Mulher.

De acordo com a coordenadora de enfermagem do serviço de Oncologia Clínica, Milena Durães, a musicoterapia foi pensada como uma forma de auxiliar a paciente no momento da quimioterapia. “A música traz leveza, tranquilidade e se mostra fundamental por ajudar a dispersar o processo da doença”, explicou.

Luana Marinho

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Governo reduz imposto sobre videogames

Artigo anterior

Prefeitura do Rio leva ônibus castramóvel a Paquetá para esterilização gratuita de cães e gatos neste sábado, 31

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BA