0

A chegada do mês de outubro marca a apresentação das seleções de esportes coletivos à Missão Europa (programa que leva atletas brasileiros para períodos de treinamento no Velho Continente). As primeiras equipes são a seleção feminina de rugby sevens e a equipe masculina de handebol. A expectativa é de que 50 novos integrantes se juntem ao grupo brasileiro.

“Os resultados que nossos atletas vêm obtendo em competições na Europa nos últimos meses confirmam o acerto da ideia de termos uma base fixa de treinamento aqui”, diz o presidente em exercício do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e chefe de Missão dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, Marco La Porta.

A equipe feminina de rugby desembarca em Portugal neste sábado (3). Os integrantes da delegação fazem os exames PCR e sorologia, e ficam isolados até a confirmação do resultado negativo para o coronavírus. Depois começam as atividades no Centro de Treinamento de Rio Maior. A seleção se classificou para os Jogos de Tóquio em junho do ano passado, após conquistar o título do Pré-olímpico, em Lima (Peru).

Esta será a segunda participação olímpica consecutiva da equipe brasileira da modalidade. Nos Jogos do Rio (2016), o time ficou na nona posição. “Esse período será vital. Conviveremos juntos todos os dias. Treinaremos no campo e criaremos hábitos e processos. Tudo isso será muito importante para os Jogos Olímpicos”, diz o técnico Will Broderick, que assumiu a equipe em agosto.

Já a seleção masculina de handebol chegou a Portugal no dia 30. Depois de cumprir todos os protocolos, partirá para os treinos. Será um reencontro do técnico Washington Nunes, que retornou ao comando técnico da seleção em agosto. Nunes liderou a seleção na campanha histórica do inédito 9º lugar no Mundial da Alemanha-Dinamarca no ano passado. Mas acabou saindo após não classificar a seleção para os Jogos Olímpicos através do Pan-Americano de Lima em agosto de 2019.

Na modalidade, o Brasil tem vários desafios pela frente. O Pré-olímpico Mundial acontece entre 12 e 14 de março de 2021, na Noruega. Além dos anfitriões, o Brasil encara Chile e Coreia do Sul em busca de uma das duas vagas disponíveis. Mas, antes do Pré-Olímpico, tem o Mundial do Egito, de 13 a 31 de janeiro.

Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Gama recebe Caldense e tenta manter aproveitamento 100%

Artigo anterior

Tradicional Maratona do Rio terá formato virtual em razão da covi

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Esportes