0

Foto: Paula Fróes/GOVBA

Em um ano em que o Governo do Estado dedicou atenção especial ao combate à pandemia do Covid-19 em toda a Bahia, foram também mantidos os esforços para a melhoria do bem-estar da população nas áreas de habitação e prevenção a desastres naturais. Por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), milhares de famílias passaram, em 2020, a ter mais tranquilidade com a construção de contenções de encostas e centenas realizaram o sonho da casa própria com a entrega de novas unidades habitacionais.

Para os moradores de bairros como Plataforma, Praia Grande, Capelinha de São Caetano, Beiru, São Marcos, IAPI, Macaúbas, Liberdade, em Salvador, e Sarandi, no município de Candeias, o primeiro semestre mais chuvoso das últimas três décadas não trouxe riscos de deslizamento de terra e desabamentos dos imóveis graças ao Programa de Prevenção de Desastres Naturais.

Somente neste ano foram concluídas e entregues à população 10 contenções de encostas, beneficiando mais de 21 mil pessoas, com investimentos na ordem de R$ 32 milhões. No total, desde 2014, quando teve início o programa, 60 localidades de Salvador e três em Candeias, na região metropolitana (RMS), foram contempladas com as obras de estabilização do Governo da Bahia.

Com recursos na ordem de R$ 156 milhões, oriundos do Prevenção de Desastres Naturais do Governo Federal (PAC), foram construídas contenções em 98 pontos de Salvador considerados de risco alto e muito alto – conforme classificação do plano diretor da capital baiana para as áreas mais suscetíveis aos deslizamentos.

Além disso, o Governo do Estado estendeu os benefícios para outros 14 locais vulneráveis, sendo três em Candeias e 11 em Salvador, onde há registros de ocorrências nas encostas ou estão sendo executados projetos de urbanização integrada, que incluem serviços de estabilização.

Novas moradias

Em meio às dificuldades decorrentes da necessidade de isolamento, como forma de combater o contágio, mais de 200 famílias puderam concretizar o sonho da casa própria em Salvador e nos municípios de Madre de Deus e Vera Cruz, na região metropolitana (RMS).

Costa Azul
Foto: Fernando Vivas/GOVBA

A iniciativa integra as ações de Urbanização Integrada executado pela Conder, em que foram investidos mais de R$ 16 milhões para construção de moradias. Em alguns projetos foram incluídos também serviços complementares de infraestrutura urbana e sanitária, como pavimentação, iluminação e redes de água, drenagem e esgoto, além de paisagismo e área de convivência.

Fases de entrega

Para atender às orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Decreto Estadual nº 19529/2020, a primeira etapa do processo de entrega, que é a destinação dos imóveis para cada família dentro de cada conjunto habitacional construído, foi feita por sorteio eletrônico, evitando, assim, aglomeração, respeitando o isolamento necessário neste período de pandemia.

Com o endereço, cada família pôde solicitar a ligação de água e energia elétrica. Os idosos tiveram prioridade e foram alocados nas moradias localizadas no térreo do conjunto habitacional. Além disso, os próprios moradores fizeram uma vistoria em cada um dos imóveis, para checagem das ligações elétrica e hidráulica, piso, esquadrias, revestimentos, entre outros itens.

Fonte: Ascom/Conder

Luana Marinho

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Vacinação contra covid-19 pode começar em fevereiro, diz Pazuello

Artigo anterior

Deputados aprovam texto-base da LDO para 2021

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BA