Conecte-se conosco

BA

Novas regras para manejo de resíduos sólidos urbanos são discutidas em seminário virtual

Publicado

em

Governador anuncia início das inscrições para 200 mil vagas em cursos de qualificação profissional

A implantação das novas tarifas para manejo e gestão de resíduos sólidos e a organização regionalizada dos serviços de saneamento, como estabelece o novo Marco Legal de 2020, foram explicadas, nesta quinta-feira (17), durante um seminário on-line direcionado a prefeitos e gestores baianos. O evento, realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur), teve como tema: ‘Desafios para implementação da Sustentabilidade Econômica e Financeira dos Serviços de Resíduos Sólidos no Estado da Bahia’.

O Novo Marco Legal do Saneamento Básico (Lei Federal nº 14.026/2020), determina que os estados têm até 15 de julho de 2021 para estruturar a divisão dos blocos regionais para prestação dos serviços de água e esgoto compartilhados. A iniciativa busca a inclusão de municípios com baixa ou nenhuma sustentabilidade, a fim de permitir que os serviços sejam prestados de forma equilibrada e obtenham maior rentabilidade, além de promover a universalização do atendimento à população.

“Esse encontro com os prefeitos, vereadores e gestores, é importante não apenas para tirar as dúvidas sobre o Marco Legal, que tem um prazo para ser cumprido, mas falar sobre a tarifa que será cobrada a partir da capacidade contributiva de cada município para ajudar no financiamento de uma solução definitiva para a destinação final dos resíduos sólidos, que não pode ser somente pegar o resíduo e colocar no aterro. Precisamos falar sobre coleta seletiva, a educação ambiental, a separação, a reciclagem”, explicou o secretário da Sedur, Nelson Pelegrino.

Para o presidente da União dos Prefeitos da Bahia (UPB) e prefeito de Jequié, Zé Cocá, a formação de consórcios intermunicipais para a prestação dos serviços públicos de manejo de resíduos sólidos urbanos será um avanço. “Os consórcios irão nos auxiliar a fazer o trabalho de educação ambiental nas escolas. É hora de nos unirmos, é um movimento importantíssimo. Os resíduos sólidos fazem parte diretamente das nossas vidas. A UPB estará disponível a disposição parar mobilizar os consórcios e debater essa que é uma das questões mais importantes do nosso país nesse momento”.

Participaram do seminário a secretária interina do Meio Ambiente (Sema), Márcia Cristina Telles; o presidente da Federação dos Consórcios Públicos do Estado da Bahia (FecBahia), Wilson Cardoso; o secretário nacional de Saneamento, Pedro Maranhão; e o Diretor-presidente da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), Carlos Silva.

Repórter: Tácio Santos

Pamela Simplício

Link

Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA