0

Com a adesão, município recebe vagas para cursos de capacitação de profissionais da Delegacia de Defesa da Mulher e Libras

Nesta quinta-feira (15), a secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, realizou o lançamento regional do programa TODAS in-Rede na cidade de Miracatu. A prefeitura do município e a pasta firmaram parceria e assinatura de protocolo de intenções por meio de live transmitida nas redes sociais do InclusãoSP.

A live, acessível com intérprete de libras e legendas, contou com mais de 100 espectadores. Além da secretária Célia Leão, participaram do evento online a diretora do Departamento de Assistência Social de Miracatu, representando a Prefeitura do município, Roberta Pereira de Oliveira, a diretora/coordenadora da E. E. E. São Francisco (APAE de Miracatu), Sandra Eliza, a coordenadora das Delegacias de Defesa da Mulher do Estado de São Paulo, Jamila Ferrari, a ativista no movimento em defesa dos direitos da pessoa com deficiência Vera Muller e a intérprete de Libras Nara Oliveira.

“’A nossa vinda hoje de forma virtual ao Vale do Ribeira se deve ao Governador João Doria e ao Vice-governador Rodrigo Garcia, que muito têm feito e ajudado para levar nossos programas a todo o estado de São Paulo. Miracatu no Vale do Futuro, de fato, é uma região importante que está garantindo um futuro diferente às mulheres com deficiência do munícipio”, afirmou a secretária Célia Leão.

Atividades

Junto com a adesão ao programa, o município recebe vagas para capacitação de profissionais da Delegacia de Defesa da Mulher de Miracatu para atendimento às mulheres com deficiência vítimas de violência e o Curso de Libras de ensino à distância (EaD), que já está com as inscrições abertas e com início em 26 de outubro, além de divulgar no município as campanhas educativas do TODAS in-Rede. Os interessados em se inscrever no curso de Libras devem procurar o Departamento Social da Prefeitura de Miracatu.

“Estou muita agradecida em nome da administração de Miracatu. Nós sabemos que há muito a ser feito ainda, mas temos trabalhado para garantir que as pessoas com deficiência dentro do nosso município tenham acesso a serviços de qualidade. O programa TODAS in-Rede vem para trazer às mulheres com deficiência conhecimento do que são os seus direitos e ações para combate a violência”, afirmou a diretora do Departamento de Assistência Social de Miracatu, Roberta Pereira de Oliveira.

TODAS in-Rede

O programa TODAS in-Rede, da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, visa ao empoderamento das mulheres com deficiência de São Paulo, buscando sua autonomia em diversos pilares como o acesso à informação, trabalho, renda e autonomia financeira, exercício dos direitos afetivos, sexuais e reprodutivos, prevenção à violência e autoestima e liderança.

Segundo dados do IBGE 2010, em São Paulo existem mais de 1,7 milhão de mulheres com deficiência. Dos empregos formais ocupados por pessoas com deficiência, apenas 37% são ocupados por mulheres. Em violência e gênero, no ano passado, 2019, foram registrados mais de 4 mil boletins de ocorrência, segundo dados da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo.

Para saber mais sobre o programa, basta acessar o site www.todasinrede.sp.gov.br. Os interessados podem assistir à transmissão pelo seguinte endereço eletrônico: http://www.facebook.com/InclusaoSP/videos/.

Gustavo Aleixo

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Prefeitura do Rio aplica mais de 95 mil doses de vacina no dia D de multivacinação

Artigo anterior

Estado de SP celebra protocolo para o desenvolvimento da gestão de resíduos

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em SP