Conecte-se conosco

SP

Memorial da AL realiza Mostra Latino-Americana de Curtas

Publicado

em

Com apoio da Organização Social Amigos da Arte, festival é gratuito e acontece de 1º a 20 de dezembro na plataforma Cultura em Casa

O Memorial da América Latina, a Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e a Secretaria de Relações Internacionais lançam a Mostra Latino-Americana de Curtas, que conta também com o apoio e realização da Organização Social Amigos da Arte.

A proposta é exibir curtas metragens dos países latino-americanos para promover a divulgação da produção cinematográfica contemporânea da região. Os filmes serão exibidos pela plataforma www.culturaemcasa.com.br, de 1º a 20 de dezembro.

Cada noite da Mostra será dedicada a um país latino-americano, com a exibição de até no máximo cinco títulos por país. Já estão confirmadas as participações de curtas do Paraguai, Nicarágua, República Dominicana, Argentina, Equador, Uruguai, México, Cuba e Brasil.

A seleção dos curtas latinos contou com a participação dos consulados do Uruguai, Argentina, Cuba,  Equador, México, Nicarágua, Paraguai e República Dominicana.

Os filmes brasileiros que integram a Mostra são seleções de produções acadêmicas de alunos das universidades Unesp, UFMG, UFF, ESPM RJ, UnB, USP, Senac, Ufscar, UFRB (Universidade Federal do Recôncavo Baiano) e Unicamp. Eles serão exibidos nos finais de semana ou em dias alternados com os demais países participantes.

Na abertura e no dia 8 de dezembro, serão exibidos filmes do Festival Internacional de Curtas de São Paulo Kinoforum. Veja aqui a programação.

Entre as produções a serem exibidas, estão os curtas do diretor paraguaio Marcelo Martinessi que ganhou diversos prêmios entre eles Dois Ursos de Prata no Festival de Cinema de Berlim e cinco indicações ao Platinum Awards. Entre seus principais trabalhos estão os curtas: Karai Norte e La voz perdida, que foi premiado no Festival de Veneza.

A Mostra prevê também um Ciclo de Palestras, sempre às 14h, com temas voltados para a produção audiovisual e a cultura de cada país,  sob os cuidados do Centro Brasileiro de Estudos da América Latina (CBEAL), responsável pela organização do evento.

O festival, disponível pela plataforma virtual, surge como mais uma opção de lazer para a população. Embora muitos espaços já estejam funcionando, os protocolos de emergência sanitária estão mantidos e reduzem o acesso presencial do público aos espaços.

Plataforma Cultura em Casa

Criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerida pela Organização Social Amigos da Arte, no início da pandemia, a plataforma #CulturaEmCasa  já teve mais de 1,2 mil conteúdos, entre espetáculos, palestras, aulas, podcasts, shows e concertos. O projeto ganhou visibilidade e tem sido acessado por pessoas em diversos estados e países.

A expectativa é que a #CulturaEmCasa permaneça em atividade mesmo depois da completa reabertura de todos os equipamentos culturais do Estado.

Ricardo Macario

Link

Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA