0

O Paris Saint-Germain (França) informou nesta quarta-feira (24) que a volante Luana rompeu o ligamento cruzado do joelho esquerdo durante o treino da última terça-feira (23). O clube francês não divulgou a previsão de retorno dela aos gramados, mas a estimativa médica nesse tipo de contusão é de ao menos seis meses de tratamento. A jogadora de 27 anos deverá perder a Olimpíada de Tóquio (Japão), que é daqui quatro meses.

Segundo o boletim médico divulgado pelo PSG, Luana passou por exames na manhã desta quarta, que constataram a lesão de ligamento. A volante será reavaliada por um especialista e pode ser submetida a uma cirurgia. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já foi comunicada pelo clube francês sobre a situação da atleta.

Luana é a segunda jogadora que mais vezes atuou pela seleção feminina com Pia Sundhage, presente em 11 dos 16 jogos em que a sueca comandou o time brasileiro, desde 2019. Nas ocasiões em que esteve em campo, a volante foi escolhida pela técnica para ser a capitã. A última partida com a amarelinha foi a goleada por 8 a 0 sobre o Equador, em dezembro, no Morumbi, em São Paulo. Ela, inclusive, fez o segundo gol do confronto. A jogadora ficou fora do Torneio She Believes, disputado em Orlando (Estados Unidos), por não ter sido liberada pelo PSG, assim como a também volante Formiga.

A brasileira já desfalcou o Paris nesta quarta, na derrota por 1 a 0, em casa, para o Lyon, no clássico francês pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa Feminina. O jogo de volta será no próximo dia 31. A última partida de Luana pelo PSG foi no último dia 9: goleada por 5 a 0 sobre o Sparta Praga (República Tcheca), no duelo de ida pelas oitavas da competição continental, com um golaço da volante, por cobertura.



Lincoln Chaves – Repórter da Rádio Nacional e da TV Brasil

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Aprovado projeto de lei do Bolsa Presença para atender estudantes em vulnerabilidade socioeconômica

Artigo anterior

Estado abre licitação para ampliação de escolas em quatro bairros de Salvador

Próximo artigo

COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar