0

A decisão da edição 2020 da Liga Nacional de Futsal (LNF) será 100% paulista. Nesta quinta-feira (10), o Corinthians venceu novamente o Joinville-SC por 3 a 1, no Centreventos Cau Hansen, em Joinville (SC) e se classificou para a final. O Timão já tinha ganhado a partida de ida da semifinal por 4 a 2 no último domingo (6), no ginásio Wlamir Marques, em São Paulo. O pivô Deives fez os três gols corintianos nesta quinta e foi o grande nome do confronto, responsável por cinco das sete vezes que a equipe balançou as redes no duelo.

O Alvinegro disputa o título com o Magnus Sorocaba-SP. O jogo de ida é neste domingo (13), às 18h (horário de Brasília), na capital paulista. O de volta, no domingo da próxima semana (20), às 13h, será transmitido ao vivo pela TV Brasil, direto do ginásio Professor João Carlos de Camargo, em Votorantim (SP), município vizinho a Sorocaba (SP) onde o Magnus tem mandado as partidas na LNF deste ano.

Com a marcação adiantada, o Joinville dificultou a saída de bola corintiana, mas encontrava dificuldades para finalizar. Quando conseguia, parava nas defesas de Careca, que fez pelo menos três boas intervenções na primeira etapa. Na principal delas, aos oito minutos, o goleiro do Timão evitou um gol certo em batida com liberdade do pivô Dieguinho. Aos 13, uma falta do fixo tricolor Andrei deu início a uma confusão entre titulares e reservas de ambos os times. Após cinco minutos de paralisação, o goleiro reserva do Alvinegro, Obina, foi expulso.

No lance seguinte à confusão, o Corinthians saiu na frente. O ala Daniel limpou a marcação e tocou para Deives bater no canto do goleiro William. A resposta do JEC veio dois minutos depois, com a marcação de pênalti: a arbitragem viu toque de mão na área do fixo corintiano Batalha. Genaro bateu, Careca defendeu, mas o pivô do time catarinense marcou na sobra.

Na etapa final, quem adiantou a marcação foi o Corinthians, encurtando os movimentos do Joinville e assumindo o controle do jogo. O domínio foi premiado aos 11 minutos, novamente com Deives. O camisa 10 e capitão corintiano aproveitou um chute cruzado da esquerda e desviou para o gol. Precisando da virada e sentindo a falta de Dieguinho, que saiu contundido, o JEC girou a bola em frente à área alvinegra, sem conseguir espaços. O Timão não só conteve a pressão como, nos segundos finais, Deives tomou a bola do goleiro-linha e chutou para o gol vazio, garantindo de vez a equipe paulista na final da LNF, quatro anos após o título conquistado em 2016.

 

Confira a tabela completa da Liga Nacional de Futsal.

Lincoln Chaves – Repórter da Rádio Nacional e da TV Brasil – São Paulo

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Câmara aprova texto-base do novo Fundeb, e prevê repasses ao Sistema S

Artigo anterior

Bolsonaro promete reenviar medida de regularização fundiária

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Esportes