Conecte-se conosco

BA

Líderes de classe e participantes do Programa Primeiro Emprego integram a nova diretoria do Conselho Estadual de Juventude

Publicado

em

Líderes de classe e participantes do Programa Primeiro Emprego integram a nova diretoria do Conselho Estadual de Juventude

Pela primeira vez na história do Conselho Estadual de Juventude (CEJUVE), líderes de classe e integrantes do programa estadual Primeiro Emprego participam do órgão colegiado, criado em 2008 e vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) do Estado da Bahia, com o objetivo de fortalecer as políticas públicas para a juventude. Os novos membros da mesa diretora, que tomaram posse na última quarta-feira (13), em solenidade virtual, comemoram a consolidação do protagonismo juvenil nas questões e nos desafios relacionados aos jovens da Bahia, como educação, saúde, cultura e trabalho.

A expectativa é grande entre os novos integrantes em contribuir com o CEJUVE. É o caso de Camila Oliveira Santos, 21 anos, que é participante do Programa Primeiro Emprego – ação social promovida pelo Governo do Estado para inserir egressos e estudantes da Educação Profissional no mundo do trabalho. “Penso que a nossa presença no conselho contribui para o fortalecimento da representatividade dos direitos e deveres dos jovens na sociedade. Espero poder contribuir junto ao conselho com opiniões construtivas para a melhoria das ações voltadas à juventude baiana”, revela Camila, que trabalha no setor administrativo do Colégio Estadual do Campo João Marques da Silva, em Ribeira do Pombal. Ela é recém-formada em técnica em Contabilidade e graduanda em Ciências Contábeis.

Também integrante do Programa Primeiro Emprego, atuando como auxiliar administrativa no Colégio Estadual Idelzito Eloy de Abreu, no município de Ituberá, Daniele Damásio Silva, 22, compartilha da mesma expectativa. “Hoje, fazer parte do CEJUVE é, acima de tudo, um orgulho. É ver que uma jovem, como eu, pode agregar valores ao conselho e contribuir com as ações, junto a tantas pessoas capacitadas e focadas que o compõem. Conhecimento é o nosso bem mais precioso, portanto a minha expectativa é de aprender com o CEJUVE e lutar junto aos seus demais membros por dias melhores para nós, jovens”, declarou Daniele, que concluiu o curso técnico em Administração na rede estadual.

Sobre o CEJUVE – O Conselho Estadual de Juventude é o principal instrumento de defesa dos direitos dos jovens baianos e um importante espaço de diálogo entre o governo e a sociedade civil para a formulação, o acompanhamento e o monitoramento das políticas de juventude, de acordo com o superintendente de Direitos Humanos da SJDHDS, Jones Carvalho, durante a posse dos novos conselheiros. “O CEJUVE é uma forma organizada de segmentos importantes da juventude e uma oportunidade para criarmos políticas públicas para enfrentarmos a dura realidade do Brasil e do mundo”, disse, na ocasião. O conselho tem a função de promover o debate sobre temas relacionados à juventude e procurar soluções para as questões e desafios enfrentados pelos jovens, em áreas distintas.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado

Milena Leal

Link

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA