0

As vendas da indústria brasileira de máquinas e equipamentos totalizaram em setembro R$ 13,9 bilhões, montante 13,3% superior ao registrado no mesmo mês de 2019. A alta foi impulsionada principalmente pelo comércio interno, e não pelas exportações. No acumulado do ano, as vendas somam R$ 97,2 bilhões, 1,3% a menos do que o obtido no mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados hoje (28) pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

“As retrações do mercado interno observadas no pico da pandemia foram revertidas. Uma possível compensação das vendas, interrompidas no auge da pandemia, uma melhora em segmentos como máquinas agrícolas e alguma substituição de importados por nacionais, ajudam a explicar tal comportamento do mercado doméstico”, destacou a Abimaq, em nota. 

O setor vendeu ao exterior, no mês de julho, R$ 648 milhões em equipamentos, montante 23,7% inferior ao registrado no mesmo mês de 2019. Foi o sétimo mês consecutivo de queda na receita das exportações. No acumulado do ano, as exportações somam R$ 5,3 bilhões, 27,7% a menos que o obtido no mesmo período do ano passado. 

“O comércio mundial, ainda restrito em decorrência da pandemia, somado ao consequente foco no mercado interno, justifica parte desse recuo das exportações de máquinas e equipamentos este ano”, ressaltou a entidade. 

Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Polícia Militar realiza formatura de 89 aspirantes-a-oficial

Artigo anterior

Covid-19: Anvisa autoriza importação de matéria-prima para vacina

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Economia