Conecte-se conosco

SP

Governo de SP renova convênio para manter leitos de COVID-19 no HC de Suzano

Publicado

em

Prorrogação permite que leitos exclusivos permaneçam na unidade até dezembro; em janeiro, unidade ofertará exames diagnósticos na região

O Governador em exercício Rodrigo Garcia anunciou nesta sexta-feira (30) a prorrogação, para até final de dezembro, do funcionamento dos leitos de enfermaria exclusivos para COVID-19 do Hospital Estadual de Suzano, que fica no complexo do Hospital Auxiliar de Suzano. No valor de R$1,5 milhão, o convênio custeará os 20 leitos usados para tratamento de pacientes com casos suspeitos e confirmados de coronavírus da região do Alto Tietê.

“Neste período de pandemia, o HC de Suzano funcionou como retaguarda para o HC de São Paulo. Garantimos até o final do ano que os leitos COVID estão mantidos, já pensando qual será a melhor destinação para aquele novo prédio. Ninguém tem dúvida de que a melhor destinação será a criação de um Hospital Regional em Suzano”, afirmou o Governador em exercício.

A unidade conta com os leitos exclusivos para atendimento da doença desde 9 de julho e é administrada pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de São Paulo (HCFMUSP). A taxa de ocupação de leitos dos últimos sete dias é de 41,7%, com tempo médio de permanência dos pacientes em torno de 16,7 dias. Até o momento, já foram atendidos mais de 60 pacientes na unidade.

Para reforçar a segurança dos pacientes e profissionais de saúde, pacientes com outras enfermidades que não COVID-19 foram deslocados para o prédio antigo, que foi inteiramente reformado.

Centro de Diagnósticos por Imagem (CDI)

A partir de janeiro de 2021, a Secretaria de Estado da Saúde ofertará exames de diagnósticos de imagem no Hospital Estadual de Suzano para pacientes da região.

A unidade ofertará por mês 1.170 exames, sendo 480 tomografias computadorizadas, 500 exames de ultrassom e 190 exames de raio-x, todos agendados através do sistema CROSS (Central de Regulações de Ofertas de Serviços de Saúde). O valor mensal do convênio para custeio dos exames será de R$ 126 mil.

A ocupação completa do novo prédio está em fase de planejamento entre a Secretaria de Estado da Saúde e o HCFMUSP. A edificação foi inaugurada em 2018, e garantiu atendimento aos pacientes durante a reforma do antigo Hospital Auxiliar.

Ricardo Macario

Link

Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA