Conecte-se conosco

BA

Fapesb comemora 20 anos de apoio à produção científica da Bahia

Publicado

em

Fapesb - 20 anos

Foto: Divulgação

“Vida longa à Fapesb”. A simbólica frase repetida pelos participantes da solenidade virtual e comemorativa pelos 20 anos da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), nesta sexta-feira (27), retrata o sentimento de pesquisadores e pesquisadoras pelos feitos em prol da ciência que a fundação tem ajudado a colher em duas décadas de existência. Com a presença da secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Adélia Pinheiro, e do diretor-geral da instituição, Márcio Costa, o evento, que está disponível na íntegra no canal do Youtube Secti Bahia, reuniu autoridades, reitores e cientistas de todo o estado.

A importância da Fapesb para a pesquisa baiana está representada pelos resultados alcançados nos últimos anos, como os 270 editais lançados, os R$ 770 milhões de aporte à pesquisa, os 7.800 projetos contratados, as 40 mil bolsas concedidas, bem como as 300 empresas apoiadas. Neste mesmo período, a fundação ajudou a Bahia a aumentar 10 vezes sua produção científica internacional e crescer cinco vezes no número de programas de pós-graduação stricto sensu. Dentre os destaques alcançados, também está a subida de 10 posições no pilar inovação do ranking de competitividade dos estados, graças à concessão de bolsas de mestrado e doutorado.

Para a secretária da Secti, pasta à qual a Fapesb é vinculada, esses 20 anos destacam a importância do amparo à pesquisa para o sistema estadual de ciência, tecnologia e inovação. “A Fapesb tem sido destaque nacional em investimento à pesquisa. Fortalecemos a fundação como referência em nosso estado e compartilhando com toda sociedade que o nosso engajamento aqui é o mesmo que esperamos por parte dos entes federais”, ressaltou Adélia Pinheiro.

Em uma fala emocionada, Márcio Costa fez questão de lembrar que é fruto dos empenhos da fundação, pois, antes de ocupar a gestão, foi beneficiário na condição de cientista. “É uma honra estar aqui, porque sou um produto de uma política da Fapesb. Testemunhamos, ao longo desses 20 anos, uma rápida expansão de todos os indicadores de CTI. Estamos nos quatro cantos do estado com pessoas qualificadas e apoiando a formação de pessoas altamente qualificadas, graças ao apoio e incentivo da Fapesb”.

Também presentes ao ato festivo, os secretários estaduais Nelson Pelegrino (Sedur), Julieta Palmeira (SPM), Fabya Reis (Sepromi) e Manoel Vitório (Sefaz) exaltaram o trabalho desenvolvido pela Fapesb, engrossando o coro em defesa da ciência. “A participação nessa solenidade é uma manifestação pública e inequívoca da nossa preocupação e prioridade com o apoio à ciência e à tecnologia. Esse momento nos honra. Nunca foi tão importante abraçar e proteger a ciência e a tecnologia. Nunca isso esteve tão relacionado à humanidade e ao ser humano”, afirmou Manoel Vitório, destacando a prioridade em recursos para as áreas de CT&I.

Importantes beneficiárias dos incentivos à pesquisa, as universidades estaduais, federais, institutos e faculdades privadas, marcaram presença na cerimônia. Ao lado dos reitores da Uesc, Uefs, UFRB e Ufob, Alessandro Santana, Evandro Nascimento, Fábio Josué e Jacques Miranda, respectivamente, a reitora da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Joana Guimarães, fez questão de lembrar que a fundação a incentivou muito em sua trajetória. “Certamente, como eu, muitos outros jovens doutores tiveram oportunidade a partir de financiamentos da Fapesb”, disse.

Fonte: Ascom/Secti

Luana Marinho

Link

Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Light Dark Dark Light