0

Estudantes da rede estadual de ensino de Salvador, Rio do Antônio, Amargosa e Caetité foram premiados na 6ª edição do Criativos da Escola. Esta é uma iniciativa do Instituto Alana juntamente com o movimento global Design for Change, para reconhecer projetos desenvolvidos por crianças e jovens que impactam positivamente nas suas escolas ou nas comunidades onde vivem.

Foram selecionados 50 grupos de todo o país. O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou sobre a conquista dos estudantes. “É uma alegria muito grande ver o protagonismo dos nossos estudantes, esta capacidade criativa e, mais ainda, perceber o desenvolvimento socioemocional de cada um que se importou com o outro, exercitou a solidariedade e a cidadania, por meio do engajamento em projetos como estes”, afirmou.

Nesta edição adaptada à pandemia do novo Coronavírus, o Criativos da Escola lançou uma Jornada Criativa para acompanhar e auxiliar crianças e adolescentes a desenvolverem projetos de transformação, que consistem em planos de ação. Com o plano de ação “Mentes Brilhantes”, o grupo de estudantes do Colégio Estadual Bolivar Santana, localizado em Salvador, foi vencedor na categoria “Educação”. O projeto visa realizar a inclusão da escola com a comunidade, permitindo a mobilização social e comunitária para o desenvolvimento de jovens talentos. 

Para o estudante Davi Souza, 16, 2º ano do Ensino Médio, o prêmio é uma conquista de toda a comunidade. “A importância do prêmio está ligada às nossas origens na escola pública e nas comunidades periféricas de onde cada um de nós viemos. Estamos oportunizando aos nossos colegas e jovens das comunidades perto da escola, uma possibilidade de futuro longe dos perigos que a vida no crime oferece, pois a educação e a esperança nos salvaram”, revelou. 

Rio do Antônio

Os estudantes do Colégio Estadual do Rio do Antônio, localizado no município de Rio do Antônio, foram premiados na categoria “Igualdade”, com o plano de ação intitulado “Chama Preta”. O estudante Aron Leal, 15, 2º ano do Ensino Médio, que integra o grupo, falou sobre o objetivo do plano de ação. “Ele visa a valorização de seres humanos negros, dando voz a partir das nossas ações em uma página do Instagram (@chama_preta). O prêmio nos auxiliará a desenvolver o projeto na nossa comunidade”, disse. Os outros dois planos de ação vencedores foram: “Explosão do Amanhã”, selecionado na categoria “Qualidade de Vida” e desenvolvido pelos estudantes do Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) do Sertão Produtivo, localizado em Caetité; e o “Paper Clean”, também da mesma categoria, elaborado pelos estudantes do Colégio Estadual Pedro Calmon, localizado em Amargosa.

Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação do Estado

Pamela Simplício

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Safra de 10 milhões de toneladas de grãos é a maior da série histórica para a Bahia

Artigo anterior

Acusado de assédio moral e sexual, dirigente do handebol renuncia

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BA