0

O processo de testagem para o novo coronavírus nas 21 escolas estaduais localizadas no bairro de Cajazeiras e região foi encerrado nesta sexta-feira (9). Assim como nos dias anteriores, os atendimentos deste último dia ocorreram de forma tranquila e ágil, contemplando a comunidade escolar do Colégio Estadual Dinah Gonçalves, escola-polo de Valéria, que também atendeu o Colégio Nossa Senhora de Fátima, do mesmo bairro. Já o Colégio Estadual Eduardo Bahiana atendeu a comunidade escolar do Colégio da Polícia Militar (CPM) – Dona Leonor Calmon, no bairro de Fazenda Grande II.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, fez uma avaliação da iniciativa. “Nós iniciamos a testagem com o teste rápido, pelas cidades de Ipiaú, Itajuípe e Uruçuca. Depois fizemos em Ilhéus, Itabuna e Jequié. Aqui, na capital, disponibilizamos os testes do tipo RT-PCR, em 28 escolas estaduais do Subúrbio e, hoje, fechamos o ciclo de 21 unidades escolares em Cajazeiras e região. Tudo isso vem somar aos protocolos que o Governo da Bahia vem desenvolvendo, no sentido de monitorar o comportamento da doença na Bahia e, neste caso, significa também um zelo e um cuidado com a nossa comunidade escolar. Estes resultados irão nos subsidiar na tomada de decisão sobre a retomada do ano letivo, mesmo sem a data de retorno ainda definida”, afirmou.

A testagem foi desenvolvida pelas secretarias estaduais da Educação (SEC) e da Saúde (Sesab), com a aplicação de testes do tipo RT-PCR, que serão analisados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Além disso, as equipes de Saúde contaram com a colaboração de estudantes residentes da Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

A estudante Gisele Carvalho, 15, 1º ano, do Colégio Estadual Dinah Gonçalves, falou sobre a importância da testagem. “É essencial a realização deste teste para saber como está a situação do Coronavírus aqui, na região, com os estudantes, professores e funcionários”, afirmou.

Também da mesma unidade escolar, o estudante Paulo Ricardo Moraes, 16, 1º ano, foi um dos primeiros a fazer o teste. “Achei esta iniciativa da escola muito importante, pois podemos estar contaminados e passar o vírus para outras pessoas, como nossos familiares, vizinhos e amigos, sem saber”, comentou.

A professora de Língua Portuguesa, Claudia Maria Conceição, que leciona no Colégio Estadual Dinah Gonçalves, fez questão de fazer o seu teste. “Esta é uma ação importante e que visa a prevenção da nossa saúde. Gostei muito da iniciativa, pois mostra que o governo está se preocupando com o bem-estar de todos que fazem parte da comunidade escolar”, salientou.

Quem também fez o teste foi a estudante Ana Julia Mícari, 15, 1º ano, do Colégio da Polícia Militar (CPM) – Dona Leonor Calmon, que foi atendida no Colégio Estadual Eduardo Bahiana. “Este teste é muito importante para se avaliar as estatísticas de como está o Coronavírus para poder avaliar o retorno das aulas presenciais nas escolas da Bahia”, disse.

Nesta etapa, a testagem para o novo Coronavírus foi realizada em escolas localizadas nos bairros de Cajazeiras IV, V, VI, VII, VIII e X; Fazenda Grande II; Dom Avelar; Águas Claras; Castelo Branco; e Valéria. A iniciativa, que começou em 30 de setembro, disponibilizou a aplicação dos testes a 20.625 estudantes, 733 professores e 524 funcionários.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado

Milena Leal

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Unidades da PM e Bombeiros passam por reestruturação completa

Artigo anterior

Fundação Pedro Calmon lança Prêmio de R$ 7 milhões para Cultura

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BA