0

O próximo combate do pugilista brasileiro Esquiva Falcão está marcado para 20 de fevereiro. O adversário será o russo Artur Akavov, que tem 23 lutas na carreira (com 20 vitórias, sendo nove por nocaute). A luta, na categoria dos médios, será em Las Vegas (Estados Unidos), com todo o protocolo de segurança contra o novo coronavírus (covid-19) exigido pelas autoridades locais.

Para chegar bem ao combate, o medalhista de prata nos Jogos de Londres (2012), que tem um cartel de 27 lutas e 27 vitórias (sendo 19 por nocaute) no boxe profissional, segue com treinos intensivos em Riverside (Estados Unidos). A preparação segue intensa, com uma rotina de dois treinos diários, incluindo atividades aeróbicas e de musculação. O atleta está próximo de alcançar o peso para o combate, que será no máximo combinado de 162 libras (73,48 kg).

“Está sendo muito puxado, muito bom! Porque meu adversário é o melhor até hoje no profissional. Ele lutou duas vezes pelo título mundial do peso médio na Organização Mundial. Perdeu em 2016 para o inglês Billy Joe Saunders e, em 2019, para o americano Demetrius Andrade. Acredito que vai ser uma boa luta, estou preparando muito bem! Meu adversário teve chances de cinturão mundial e agora é a minha vez. Então acredito que uma vitória por nocaute vai me deixar bem próximo do meu objetivo”, declarou Esquiva Falcão em nota divulgada por sua assessoria.

Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

MUBI estreia com exclusividade o primeiro longa da diretora de Aves de Rapina, Cathy Yan

Artigo anterior

Estão abertas inscrições para qualificação de trabalhos para o Prêmio SENAM 2021

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Esportes