Especialista fala sobre benefícios do Marketing Humanizado

Durante a pandemia, várias empresas tiveram de se adaptar a uma realidade completamente nova, em que o marketing praticamente se limitava ao mundo virtual. Com o fim da propaganda “boca-a-boca”, empresários e comerciantes se viram obrigados a aprender novas maneiras de prospectar e fidelizar clientes.

Segundo o Dr. Éber Feltrim, especialista em gestão de negócios na área de saúde, a melhor maneira de tirar proveito desse momento, é utilizando o Marketing de Relacionamento. “A internet, seja por meio de um site, mídias sociais ou plataforma e-commerce, facilita e agiliza o acesso às informações sobre a empresa, seus produtos e serviços. Para fidelizar um cliente, você precisa conhecê-lo e se relacionar com ele. Com a pandemia, as pessoas têm optado cada vez mais pelo relacionamento on-line, seja para compra, pesquisa ou até avaliação”, destaca.

O especialista ainda fala sobre a importância de ser ativo dentro das redes sociais, mas com foco em um serviço de qualidade. “Oferecer um bom atendimento nas redes é uma excelente maneira de cativar o seu público e melhorar a relação com os clientes. Isso ajuda transmitir uma imagem de segurança e confiabilidade para o seu negócio. Responder todos os comentários, ser ágil para responder mensagens e lidar bem com as críticas são apenas alguns dos pontos cruciais para se dar bem na internet”, conta o especialista.

Com a impessoalidade adotada nas redes sociais de grandes serviços, como Netflix e HBO Max, se tornou necessário se adaptar a essa nova linguagem, trazendo esse tipo de relacionamento e proximidade com as pessoas que seguem as páginas da sua empresa.

Feltrim deixa claro que nem sempre o que sua empresa oferece é tudo o que precisa ser mostrado. “Ninguém mais quer ouvir você falando apenas da sua marca e dos benefícios dos seus produtos. Isso soa distante dos seus clientes. Descubra quais são os gostos, preferências e interesses dos seus seguidores. O desafio, nesse caso, é entender exatamente o que oferecer em seu serviço, sem ser chato e forçado”, ressalta.

Éber termina constatando que tudo isso pode reverter grandes revezes que várias empresas enfrentam. “Ao compreender isso, sua marca vai conseguir enviar um e-mail personalizado para um usuário que não completou uma compra e abandonou o carrinho, ou um consumidor indeciso que não conseguiu escolher o que comprar. Esses são os primeiros passos para um marketing mais humanizado, e isso pode auxiliar a concluir vendas e fidelizar clientes”, finaliza o especialista em gestão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.