0

Não é novidade que o distanciamento social virou parte do cotidiano das pessoas. No entanto, nem todos lidam bem com isso. Assim, males como a ansiedade podem aflorar. E é justamente isso que a banda santista Depois da Tempestade aborda no single Conceitodissønante. A faixa tem participação especial do produtor Murilo Nogueira, popularmente conhecido como the.lazyb.

Originalmente pautada pelo rock, a Depois da Tempestade agora aposta no lo-fi hip hop. O lançamento ocorre através do selo Sunshine Elevarte e frisa que a raiz do grupo está na versatilidade. Isso porque a banda pautou o pop e a música latina anteriormente neste ano com os singles Creo e Mal Acostumado + Você Não Me Ensinou A Te Esquecer.

O vocalista Victor Birkett destaca a concepção do instrumental de Conceitodissønante. “O emo e o indie já faziam parte da nossa esfera musical. Então unimos isso ao lo-fi hip hop, que é a principal veia do the.lazyb. Ele encontrou um elo ao mixar a música usando algumas técnicas do Kevin Parker (Tame Impala)”.

Escute Conceitodissønante via Spotify, Deezer ou Apple Music

Arte da capa por Caio Nogueira

Segundo o baixista e vocalista Mily Taormina, a faixa retrata a ansiedade de forma lírica. É algo que atinge muito a nossa geração. “É um sentimento constante, que tortura ainda mais quando se está sozinho. Por isso, imaginamos Conceitodissønante como um porto seguro, onde aqueles que sofrem disso possam se identificar”.

Além de Victor e Mily, a Depois da Tempestade é formada pelos músicos Gutto de Albuquerque (guitarra), Maru Mowhawk (teclado/synth) e Bruno Andrade (bateria). A banda está em atividade desde 2012 e também obtém os álbuns Eleva (2013) e Juno (2017) no catálogo. Atualmente, o quinteto trabalha na produção de uma versão em espanhol de Conceitodissønante – prevista para meados de novembro.

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Em Recife, Cruzeiro apenas empata com Náutico

Artigo anterior

A “Vacina Chinesa” e o Preconceito

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Lançamento