Conecte-se conosco

Esportes

Com rescaldo de 2020, CBF divulga calendário feminino para 2021

Publicado

em

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta terça-feira (5) o calendário de competições femininas de 2021. O cronograma prevê a realização de cinco torneios nacionais (dois adultos e três de base) e datas para campeonatos estaduais e internacionais.

Antes de a bola rolar para os torneios de 2021, a temporada prevê a conclusão das disputas de 2020, remodeladas devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). A Série A2 (segunda divisão) do Brasileiro referente ao ano passado está na fase semifinal, com os jogos de ida neste domingo (10) e os de volta no próximo (17). Já o campeonato nacional sub-18 (26 de janeiro a 6 de fevereiro) e a Liga de Desenvolvimento da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) sub-14 e sub-16 (5 a 13 de abril) ainda serão realizados, assim como a Libertadores (5 a 21 de março), que será disputada na Argentina e terá participação de Corinthians, Ferroviária e Avaí/Kindermann.

A temporada 2021 começa para valer em 28 de março, com a primeira rodada da Série A1 (primeira divisão) do Brasileiro. O torneio manterá o regulamento do ano passado, com os 16 times se enfrentando em turno único e os oito primeiros se classificando às quartas de final. A final será em 26 de setembro, com pausa entre 28 de junho e 14 de agosto por conta da Olimpíada de Tóquio (Japão).

A Série A2 tem início previsto para 16 de maio e término em 5 de setembro, também pausando durante os Jogos Olímpicos. A competição reunirá 36 clubes, separados em seis chaves, com os dois primeiros de cada grupo se avançando para o mata-mata, além dos quatro melhores terceiros colocados, totalizando 16 classificados. Os semifinalistas garantem acesso à primeira divisão em 2022.

Para os campeonatos estaduais, a CBF disponibilizou datas entre 11 de agosto e 16 de dezembro. A Libertadores de 2021, por sua vez, começa em 30 de setembro e segue até 16 de outubro, no Chile. Campeão e vice da Série A1 em 2020, respectivamente, Corinthians e Avaí/Kindermann têm vaga garantida. Caso algum deles conquiste o torneio referente a 2020, o Brasil terá direito a mais um representante, que será o terceiro colocado do último Brasileiro (São Paulo).

As competições de base também estão agendadas para o segundo semestre. O Brasileiro sub-16 vai de 26 de junho a 4 de julho. Na sequência, começa o sub-18, entre 6 de julho e 10 de outubro. Por fim, de 11 a 19 de dezembro, ocorre a edição 2021 da Liga de Desenvolvimento da Conmebol.

Seleção

Além da Olimpíada, o calendário de 2021 prevê sete datas Fifa (período destinado aos jogos entre seleções). A primeira será entre 15 e 24 de fevereiro. Em março, o período também contempla o intervalo entre os dias 15 e 24. Em abril, de 5 a 13. Em junho, a última data Fifa antes dos Jogos de Tóquio será entre os dias 7 e 15. A seleção feminina ainda terá mais duas convocações, para compromissos entre 13 e 20 de setembro e 18 e 26 de outubro. A CBF ainda não anunciou datas, locais e adversários.

Lincoln Chaves – Repórter da Rádio Nacional e da TV Brasil – São Paulo

Link

Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA