0

A Policlínica Regional de Saúde do Baixo Sul, no município de Valença, reiniciou suas atividades dia 1º de agosto, após quatro meses fechada devido a pandemia da covid-19. Até o último mês de janeiro registrou 22.209 procedimentos entre consultas e exames, com 95% de satisfação dos pacientes, segundo dados da Ouvidoria Geral do Estado.

Com quase três anos de inaugurada, a Policlínica Regional de Saúde do Baixo Sul, que possui 2.848,32m² de área construída, com 12 consultórios e uma equipe multiprofissional qualificada, vem batendo metas importantes de satisfação, sempre acima de 95%. A Ouvidoria possui um registro bem pequeno de reclamações e sempre tem ampliado os canais de comunicação, explica o diretor geral da unidade, Roberto Deway.

No momento mais crítico da pandemia decisão conjunta entre Estado e prefeituras manteve a unidade fechada para evitar que o grande fluxo de pessoas favorecesse a circulação do vírus. A reabertura ocorreu a partir de um plano de contingência. “Inicialmente, alguns procedimentos não foram ofertados, cumprindo as orientações das sociedades médicas, devido ao risco de contaminação de pacientes e colaboradores. Atualmente, todos os serviços estão disponíveis e os profissionais da unidade já foram vacinados”, explicou Deway.

Adaptações de fluxos e barreiras também foram feitas, como triagem de pacientes, cartazes de orientações, instalação de pias na área externa, ônibus rodando com 50% da capacidade e com ar desligado. O uso de EPIs foi adaptado às novas condições epidemiológicas, para evitar a transmissão da covid-19.

“Tínhamos dificuldade de fazer alguns exames aqui em Valença, sendo necessário ir para Salvador ou Itabuna. Ano passado fiz uma tomografia, sendo muito bem atendido. Agora, retorno para novos exames de revisão a pedido do médico”, comemora Antônio Carlos.

Recentemente, o governo do Estado entregou mais uma van, que atenderá pacientes da Ilha de Itaparica. No total já são oito veículos realizando o transporte de pacientes dos municípios consorciados até a unidade de Valença. “Sempre que preciso tenho agendado consultas e exames. Antes, quando precisava tinha que fazer particular e nem sempre conseguia, por falta de condição financeira”, afirmou Sidenália Lima, do município de Igrapiúna.

O governo do estado projeta o funcionamento de 25 policlínicas em toda a Bahia até o final de 2022. As próximas a serem entregues serão em Ribeira do Pombal, Itaberaba, Eunápolis, Brumado, Serrinha, Santa Maria da Vitória, São Francisco do Conde, além de duas unidades em Salvador.

Pamela Simplício

Link

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Brasil terá prova do Mundial de mountain bike em 2022

Artigo anterior

Obras no Hospital do Oeste avançam em ritmo acelerado

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BA